2008
DOI: 10.1590/s0011-52582008000200003
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Empresariando o trabalho: os agentes econômicos da intermediação de empregos, esses ilustres desconhecidos

Abstract: A literatura da sociologia do trabalho tem sido relativamente farta em estudos sobre os ambientes de trabalho, com ênfase especial nas formas como neles são tecidas as relações entre trabalhadores e gerentes. Nesse sentido, essa literatura emulou tanto com a reflexão da sociologia da empresa quanto com a do emprego, domínios avizinhados, mas de fato tão reciprocamente irredutíveis quanto socialmente enraizados em suas linhagens intelectuais e em seus ambientes acadê-micos específicos. o diálogo intelectual em … Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1
1
1

Citation Types

0
0
0
8

Year Published

2012
2012
2021
2021

Publication Types

Select...
6
1

Relationship

0
7

Authors

Journals

citations
Cited by 12 publications
(8 citation statements)
references
References 10 publications
(10 reference statements)
0
0
0
8
Order By: Relevance
“…Incapaz de expandir as relações salariais para um contingente significativo da população, o modelo de desenvolvimento de nosso e de outros países do continente é marcado por significativas clivagens, sendo uma das principais o eixo formalidade × informalidade (Portes & Hoffman, 2003;Portes & Haller, 2005;Cardoso, 2008). Sobreposta a essa situação, ainda há um intenso processo de desemprego recorrente para significativas parcelas da população, apresentando características específicas que são capazes de se posicionar no mercado de trabalho apenas de forma intermitente e provisória (Guimarães, 2002) ou então recorrendo a processos de intermediação do trabalho que impõem sérios limites à interpretação clássica do estabelecimento dos vínculos no mercado de trabalho (Guimarães, 2008).…”
Section: Análise De Classes: Críticas E Limitesunclassified
“…Incapaz de expandir as relações salariais para um contingente significativo da população, o modelo de desenvolvimento de nosso e de outros países do continente é marcado por significativas clivagens, sendo uma das principais o eixo formalidade × informalidade (Portes & Hoffman, 2003;Portes & Haller, 2005;Cardoso, 2008). Sobreposta a essa situação, ainda há um intenso processo de desemprego recorrente para significativas parcelas da população, apresentando características específicas que são capazes de se posicionar no mercado de trabalho apenas de forma intermitente e provisória (Guimarães, 2002) ou então recorrendo a processos de intermediação do trabalho que impõem sérios limites à interpretação clássica do estabelecimento dos vínculos no mercado de trabalho (Guimarães, 2008).…”
Section: Análise De Classes: Críticas E Limitesunclassified
“…O aumento no número de agentes na transação da mão-de-obra pode facilitar sua circulação, reduzindo custos para empresas e trabalhadores. No Brasil, em termos do mercado geral de trabalho, já está formada uma rede significativa de agentes, sobretudo nos grandes centros urbanos, constituindo um mercado de intermediação de oportunidades (GUIMARAES, 2008).…”
Section: A Construção Do Mercado De Estágios: a Ação Dos Diferentes A...unclassified
“…Este artigo pretende justamente expor e analisar a atuação de tais empresas e sua interação com o agente público, a partir do caso da CDHU, somando-se a um corpo de pesquisas que buscam refletir sobre o papel da intermediação nos espaços sociais, suas disputas por legitimidade, seus avanços sobre novos domínios e as relações desse processo com as mudanças na dinâmica organizacional a partir dos anos 1990, discussão presente em publicações como Donadone (2010a;2010b), Dezalay e Garth (2000) e Guimarães (2008).…”
Section: Introductionunclassified