2010
DOI: 10.1590/s0100-83582010000100025
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Manejo de plantas daninhas na cultura do tomateiro

Abstract: RESUMO -O tomate (Lycopersicon esculentum) é a segunda hortaliça em importância no Brasil. O controle de plantas daninhas na cultura representa um dos principais componentes do custo de produção, sendo imprescindível para a obtenção de produtividades elevadas e de frutos de qualidade. Neste texto são apresentados de forma detalhada os efeitos adversos da interferência das plantas daninhas sobre a cultura, tanto daquele cultivado a partir de mudas transplantadas como de semeadura direta. Também são discutidos, … Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
1
1

Citation Types

0
5
0
19

Year Published

2011
2011
2020
2020

Publication Types

Select...
8
1

Relationship

0
9

Authors

Journals

citations
Cited by 31 publications
(26 citation statements)
references
References 34 publications
0
5
0
19
Order By: Relevance
“…), pode ter afetado os tratamentos sem cobertura, reduzindo a produtividade de frutos e, consequentemente, a eficiência do uso da água. Segundo Ronchi et al, (2010), as plantas daninhas competem com as plantas cultivadas por água, luz e nutrientes, podendo reduzir sua produtividade. Interferência das plantas daninhas sobre o tomateiro e os benefícios trazidos pela cobertura do solo para a produtividade também foram observados por Raina et al (1999), Talavera & Padilla (2000) e Singh et al (2009).…”
Section: Resultsunclassified
“…), pode ter afetado os tratamentos sem cobertura, reduzindo a produtividade de frutos e, consequentemente, a eficiência do uso da água. Segundo Ronchi et al, (2010), as plantas daninhas competem com as plantas cultivadas por água, luz e nutrientes, podendo reduzir sua produtividade. Interferência das plantas daninhas sobre o tomateiro e os benefícios trazidos pela cobertura do solo para a produtividade também foram observados por Raina et al (1999), Talavera & Padilla (2000) e Singh et al (2009).…”
Section: Resultsunclassified
“…Sua aceitação deve-se principalmente por suas qualidades organolépticas e o seu valor como alimento funcional devido às propriedades antioxidantes do licopeno. Dentre as hortaliças cultivadas no Brasil, a cultura do tomateiro merece destaque por ocupar o segundo lugar em importância econômica (RONCHI et al, 2010).…”
Section: Introductionunclassified
“…O uso de lotes de baixo vigor deve ser evitado pelos agricultores, pois podem provocar atrasos na formação de mudas e assim desuniformidade no estabelecimento de plântulas. O rápido estabelecimento da cultura no campo, proporcionado por lotes de alto vigor, implica em menores riscos, uma vez que a germinação das sementes e a emergência das plântulas podem ser marcadamente reduzidas pela ação de microrganismos (NASCIMENTO, 2005) e pelo menor desenvolvimento de plantas daninhas na área de cultivo (RONCHI et al, 2010). Para os níveis de potenciais osmóticos verificou-se que as sementes embebidas na solução de PEG 6000 apresentaram valores superiores ao da testemunha (água pura), com maiores níveis de germinação.…”
Section: íNdice De Velocidade De Germinação Ivgunclassified