2016
DOI: 10.1590/es0101-73302016163403 View full text |Buy / Rent full text
|
|

Abstract: RESUMO: Este artigo trata das recentes jornadas de lutas protagonizadas por estudantes secundaristas, em particular o movimento de ocupação das escolas estaduais paulistas, ocorrido no final de 2015. Pretende-se analisar em largos traços o contexto político, econômico e educacional em que tais embates se inserem, bem como refletir sobre seus potenciais formativos e organizativos, considerando a forma e os conteúdos da ação dos secundaristas à luz da crítica aos modos dominantes de educação. Este estudo teve po… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance
0
0
0
0
0
0
1
0
1

Publication Types

Select...

Relationship

0
0

Authors

Journals