2007
DOI: 10.5433/2176-6665.2007v12n1p67
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

O debate acerca do ensino de Sociologia no secundário, entre as décadas de 1930 e 1950. Ciência e modernidade no pensamento educacional brasileiro

Abstract: RESUMOO discurso educacional das décadas de 1930 a 1950 considerou a ciência como o caminho coerente de compreensão da realidade nacional e a educação, a principal arena de intervenção nas relações sociais, portanto, uma educação orientada pela ciência em suas linhas mestras, em termos de política educacional e, internamente, em termos de didática e currículo, e tendo como principal conteúdo o conhecimento produzido pela própria ciência, com vistas à democracia e ao ingresso do Brasil na modernidade capitalist… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1
1
1

Citation Types

0
1
0
3

Year Published

2013
2013
2021
2021

Publication Types

Select...
5

Relationship

0
5

Authors

Journals

citations
Cited by 5 publications
(4 citation statements)
references
References 3 publications
0
1
0
3
Order By: Relevance
“…Antes mesmo de compreender as permanências e ausências no âmbito escolar, é necessário relatar que a Sociologia, de maneira geral, se desenvolveu no Brasil, mediante a necessidade de entendimento das transformações da sociedade, advinda da instalação da República e do fim da escravidão e, que sua institucionalização ocorreu a partir de sua presença no curso normal e secundário no início do século XX. Assim, a Sociologia não sai da academia para os bancos escolares, mas pelo contrário, ela emerge desses bancos para ascensão acadêmica (SARANDY, 2007).…”
Section: Resultsunclassified
“…Antes mesmo de compreender as permanências e ausências no âmbito escolar, é necessário relatar que a Sociologia, de maneira geral, se desenvolveu no Brasil, mediante a necessidade de entendimento das transformações da sociedade, advinda da instalação da República e do fim da escravidão e, que sua institucionalização ocorreu a partir de sua presença no curso normal e secundário no início do século XX. Assim, a Sociologia não sai da academia para os bancos escolares, mas pelo contrário, ela emerge desses bancos para ascensão acadêmica (SARANDY, 2007).…”
Section: Resultsunclassified
“…A intersecção entre a Sociologia como ciência, a modernização do país e a democratização da sociedade (SARANDY, 2007;MEUCCI, 2011) poderia ser sublinhada como um segundo aspecto para entender o interesse suscitado pelo ensino de Sociologia entre a intelectualidade das décadas de 1930 a 1950. De fato, a Sociologia compôs a promessa de formar indivíduos com uma postura racional e democrática diante dos acontecimentos sociais, sendo muitas vezes vista, no sentido atribuído por Mannheim, como técnica social que modelaria as relações sociais (CANDIDO, 1949).…”
Section: Por Que Debater O Ensino De Sociologia?unclassified
“…Mas incluída na última série do ginasial Segundo Sarandy (2004Sarandy ( , 2007, a introdução da Sociologia na Educação Básica estava atrelada ao próprio projeto de modernidade forjado pelo Estado Novo. ainda que devamos considerar que como nos aponta Canclini (1997), historicamente na América Latina as elites preocuparam-se em criar projetos de modernidade sem que, necessariamente, ela existisse.…”
unclassified