2009
DOI: 10.1590/2175-7860200960215
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Lauraceae no Morro dos Perdidos (Floresta Atlântica), Paraná, Brasil

Abstract: RESUMO O Morro dos Perdidos está localizado no município de Guaratuba, estado do Paraná (25º45'-25º50'S e 49º03'-49º06'O), abrange uma área de 1440 hectares de Floresta Ombrófila Densa, com altitudes entre 767 a 1439 m. Na área, a família Lauraceae está representada por 15 espécies: Cinnamomum hatschbachii; Cryptocarya aschersoniana; Endlicheria paniculata; Nectandra puberula; Ocotea bicolor; O. catharinensis; O. elegans; O. nunesiana; O. odorifera; O. porosa; O. pulchella; O. tristis; O. vaccinioides; Ocotea … Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
4

Citation Types

0
11
0
8

Year Published

2010
2010
2021
2021

Publication Types

Select...
10

Relationship

3
7

Authors

Journals

citations
Cited by 15 publications
(19 citation statements)
references
References 7 publications
0
11
0
8
Order By: Relevance
“…Os primeiros estudos taxonômicos referidos para o estado são relativos aos gêneros Ocotea (Vattimo-Gil 1956a, 1956b, Ocotea e Cinnamomum (Vattimo-Gil 1962) e outros (Vattimo-Gil 1979). Desde então uma lacuna de 30 anos separou-os dos estudos mais recentes de Zanon et al (2009), que trataram o gênero Nectandra para o estado, de Brotto et al (2009), que trataram diversos gêneros na flórula do Morro dos Perdidos, localizado na Serra do Mar, e de Brotto et al (2010) e Brotto & Baitello (2012), que descreveram duas novas espécies de Ocotea no Paraná. Na lista de espécies da flora do Brasil, Quinet et al (2012) reconhecem para o estado do Paraná 66 espécies de Lauraceae, distribuídas em 12 gêneros.…”
Section: Introductionunclassified
“…Os primeiros estudos taxonômicos referidos para o estado são relativos aos gêneros Ocotea (Vattimo-Gil 1956a, 1956b, Ocotea e Cinnamomum (Vattimo-Gil 1962) e outros (Vattimo-Gil 1979). Desde então uma lacuna de 30 anos separou-os dos estudos mais recentes de Zanon et al (2009), que trataram o gênero Nectandra para o estado, de Brotto et al (2009), que trataram diversos gêneros na flórula do Morro dos Perdidos, localizado na Serra do Mar, e de Brotto et al (2010) e Brotto & Baitello (2012), que descreveram duas novas espécies de Ocotea no Paraná. Na lista de espécies da flora do Brasil, Quinet et al (2012) reconhecem para o estado do Paraná 66 espécies de Lauraceae, distribuídas em 12 gêneros.…”
Section: Introductionunclassified
“…Os vários estudos taxonômicos de Lauraceae no Paraná realizados a partir da década de 1950(Vattimo-Gil 1956a, 1956b, 1979Zanon et al 2009;Brotto et al 2009Brotto et al , 2013 têm se mostrado insuficientes para o reconhecimento de todas as espécies que existem nesse estado. Um exemplo disso foi a descoberta de dois táxons novos em anos recentes (Brotto et al 2010;Brotto & Baitello 2012).…”
Section: Introductionunclassified
“…Barroso e a canela-preta Ocotea catharinensis Mez, que possuem madeiras procuradas para mobiliário de luxo. Segundo Brotto et al (2009), o amplo potencial econômico e o consequente aumento da pressão extrativista sobre as espécies de Lauraceae resultaram na diminuição de suas populações naturais, elevando o número de espécies ameaçadas de extinção. A lista referendada pela IUCN (2009) cita para o Brasil 36 espécies ameaçadas de extinção.…”
Section: Introductionunclassified