1997
DOI: 10.1590/s0103-65641997000100005 View full text |Buy / Rent full text
|
|

Abstract: Os testes de inteligência, instrumentos que visam, essencialmente, a classificação das pessoas, são filiados ao ideário eugenista. Neles, a Psicologia dá visibilidade a seus alicerces no pensamento clínico, pela necessidade de abstrair o sujeito, silenciando-o, para conseguir apor sobre ele seu "olhar clínico". Discute-se a necessidade de subverter as avaliações, abandonando a busca de defeitos para tentar encontrar a criança concreta, enquanto ser histórico.

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance
0
0
0
0
0
0
1
0
28

Publication Types

Select...

Relationship

0
0

Authors

Journals