2015
DOI: 10.1590/1982-3703002192013
View full text |Buy / Rent full text
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: Resumo As queixas escolares estão entre os principais motivos de encaminhamento de crianças para atendimento especializado. Esta pesquisa teve por objetivos caracterizar o perfil da demanda encaminhada por queixa escolar aos serviços públicos de saúde de um município do interior paulista no período 2010-2011, bem como identificar e analisar a conduta adotada pelos profissionais da Psicologia no atendimento destinado a ela. Unidades Básicas de Saúde e o Centro Integrado de Atenção Psicossocial – CIAPS – foram o… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
1
1

Citation Types

0
0
0
9

Year Published

2019
2019
2020
2020

Publication Types

Select...
2

Relationship

0
2

Authors

Journals

citations
Cited by 5 publications
(9 citation statements)
references
References 13 publications
(9 reference statements)
0
0
0
9
Order By: Relevance
“…Assim, o estudo destaca a importância de se compreender esses problemas como resultados de interações e não como atributos do indivíduo. Nessa perspectiva, ao se pensar na teoria winnicottiana, Ribeiro (2004) constante em vários estudos (Boaz & Nunes, 2009;Braga & Morais, 2007;Gomes & Pedrero, 2015;Nakamura et al, 2008;Rodrigues et al, 2012;Wielewicki, 2011). Braga e Morais (2007) explicam a preponderância de encaminhamentos de crianças do sexo masculino para atendimento psicológico por razões socioculturais: os perfis sociais designados para meninos e meninas são diferentes e, com isso, os comportamentos esperados e exigidos pela escola também são distintos.…”
Section: Caracterização Das Queixas Escolaresunclassified
See 3 more Smart Citations
“…Assim, o estudo destaca a importância de se compreender esses problemas como resultados de interações e não como atributos do indivíduo. Nessa perspectiva, ao se pensar na teoria winnicottiana, Ribeiro (2004) constante em vários estudos (Boaz & Nunes, 2009;Braga & Morais, 2007;Gomes & Pedrero, 2015;Nakamura et al, 2008;Rodrigues et al, 2012;Wielewicki, 2011). Braga e Morais (2007) explicam a preponderância de encaminhamentos de crianças do sexo masculino para atendimento psicológico por razões socioculturais: os perfis sociais designados para meninos e meninas são diferentes e, com isso, os comportamentos esperados e exigidos pela escola também são distintos.…”
Section: Caracterização Das Queixas Escolaresunclassified
“…No que tange às esferas pública e privada características das escolas, foi possível verificar que 81,7% (49 casos) das crianças atendidas pertencem a escolas da rede pública. Esse alto percentual coincide com as pesquisas levantadas na literatura, cujas crianças em atendimento psicológico nos serviços públicos de saúde são, em grande maioria, advindas de escolas públicas (Boaz & Nunes, 2009;Braga & Morais, 2007;Dazzani et al, 2014;Gomes & Pedrero, 2015;Nakamura et al, 2008;Rodrigues et al, 2012;Scortegagna, & Levandowski, 2004). Não obstante, foi observado que, em 10% dos prontuários (6 casos), o nome das escolas não foi mencionado, nem na ficha de inscrição preenchida pelos responsáveis da criança, nem no preenchimento da demanda feito pelos estagiários.…”
Section: Caracterização Das Queixas Escolaresunclassified
See 2 more Smart Citations
“…Foi constatado que a maioria dos encaminhamentos se referia a dificuldades de aprendizagem e problemas de comportamento. As autoras concluíram que os psicólogos reproduziram, nesse contexto, o modelo clínico clássico, com atendimento individualizado e focado na problemática, atribuindo essa prática tradicional a processos de formação conservadores, fundamentados na psicanálise (Gomes, & Pedrero, 2015). Leite et al (2014) desenvolveram uma pesquisa (E7) com o objetivo de identificar as percepções acerca da qualidade de vida no trabalho dos profissionais das equipes de NASF do município de São Paulo (SP).…”
Section: Atuação Do Psicólogo No Sus No Nível Da Atenção Básicaunclassified