2008
DOI: 10.1590/s0102-44502008000300008
View full text |Buy / Rent full text
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: This paper addresses issues related to autonomy in the context of online distance learning in order to examine possible connections between autonomy and distance learning, examine different concepts of autonomy, and map the language of autonomy in asynchronous communication. Three theoretical areas have given support to the study: distance learning as critical inquiry, as proposed by Garrison et al. (2003); autonomy development as proposed by Benson (2001); and interpersonal communication as proposed by system… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1
1
1

Citation Types

0
1
0
3

Year Published

2013
2013
2021
2021

Publication Types

Select...
3

Relationship

0
3

Authors

Journals

citations
Cited by 5 publications
(2 citation statements)
references
References 4 publications
(2 reference statements)
0
1
0
3
Order By: Relevance
“…Another study by Collins (2008) aimed to approach problems connected with learner autonomy in the distance teaching context in an online professional development course for EFL teachers, and it was concluded that activities set up on inadequate interaction might bring about an ineffective formation of socially oriented autonomy.…”
Section: Literature Reviewmentioning
confidence: 99%
“…Ainda, Sartori e Roesler (2005, p. 34) ressaltam as vantagens da utilização do bate-papo como recurso didático e pedagógico na EaD: "a sala de bate-papo dinamiza a comunicação de modo mais informal entre professores e alunos, e estes entre si, ampliando os espaços de participação, socialização e discussão sobre os conteúdos da disciplina". Assim, para que o sucesso na utilização dessas ferramentas seja alcançado, é necessária tanto uma mudança do posicionamento do professor, que deve assumir um papel de moderador das discussões e estimulador da produção do conhecimento (TOGNATO, 2001), como na do estudante, em que a pró-atividade é um requisito essencial na EaD (WHITE, 2003;COLLINS, 2008). Sendo assim, "[...] é necessário que as ferramentas tecnológicas estejam adaptadas a cada contexto e permitam que docentes e discentes utilizem-nas de forma otimizada no ensino e aprendizagem na EaD" (HACK, 2011, p. 68), ainda, é necessário que os próprio alunos, mas principalmente os docentes, desenvolvam novas ferramentas e estratégias de forma criativa a fim de promover situações atrativas, didáticas e funcionais de produção oral em LE (BENSON; HUANG, 2008).…”
Section: Programas De Comunicação Síncrona No Ensino Da Oralidade Em unclassified
“…Por fim, ressalta-se que em relação às interações sincrônicas orais em LE online com os tutores virtuais das disciplinas de CPOLI, elas ainda são poucas e quase sempre avaliativas. Considera-se que seria de extrema valia para a formação dos alunos, para a dinamização das disciplinas de CPOLI e para o fortalecimento da credibilidade do curso e da EaD, o aumento e a criação de atividades especificas de ensino e de prática da habilidade de produção oral em LE através das ferramentas de comunicação síncrona, assim como a realização de mais videoconferências entre os alunos e a equipe docente e atividades entre os próprios alunos online (WHITE, 2003;COLLINS, 2008).…”
Section: Msn E Skypeunclassified
“…No que se refere à investigação de práticas de leitura e escrita na contemporaneidade, também se destacam trabalhos que buscam descrever e analisar ambientes de ensino-aprendizagem em níveis diversos, mediados por recursos tecnológicos e comunicacionais (Landow, 2002;Pahl;Rowsell, 2005;Xavier, 2005;Braga, 2007;Buzato, 2007a;Araújo e Dieb, 2009;Gee;Hayes, 2011); ensino de línguas (Collins e Ferreira, 2004;Telles, 2009); formação de professores (Buzato, 2006;McKenna;Proctor, 2006;Araújo, 2007;Costa e Tavares, 2008;Collins, 2008;Freire, 2009). No que se refere à investigação do processo de textualização em contexto de Educação a Distância, observase, de uma perspectiva dos estudos da Educação e da Psicologia, ênfase no "aprimoramento da relação ensino-aprendizagem" (Sarmet;Abrahão, 2007) e na "eficácia" no processo de comunicação/formação (Maia et al, 2006), considerando-se a formação do chamado "aluno autônomo" (ver crítica de Belloni, 2009).…”
unclassified