2007
DOI: 10.1590/s1517-97022007000100010
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

A medicalização do sofrimento psíquico: considerações sobre o discurso psiquiátrico e seus efeitos na Educação

Abstract: Este estudo analisa criticamente as mudanças observadas no tratamento do sofrimento psíquico na história recente, apontando a contribuição de fatores como: a padronização de sintomas trazida pelas sucessivas edições da série DSM (Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais), os resultados de pesquisas na neurociência - que tentam fundamentar o funcionamento psíquico em bases orgânicas - e o grande desenvolvimento dos psico-fármacos, fruto de maciços investimentos financeiros. A ação desse conjunto … Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
4
1

Citation Types

0
7
0
117

Year Published

2015
2015
2018
2018

Publication Types

Select...
4
2
1

Relationship

0
7

Authors

Journals

citations
Cited by 102 publications
(137 citation statements)
references
References 1 publication
0
7
0
117
Order By: Relevance
“…A terapia pode funcionar como uma "governança" da sociabilidade. E, muitas vezes, a terapia não pode prescindir do medicamento -fato já visível no aparato pedagógico, principalmente na medicalização das crianças (Guarido, 2007). Nesse momento, o psicotrópico apareceria como mediador entre os especialistas da socialização e o indivíduo e, até mesmo, entre o indivíduo e o seu self.…”
Section: A Subsunção Do Sofrimento Psíquico à Dor Psíquicaunclassified
“…A terapia pode funcionar como uma "governança" da sociabilidade. E, muitas vezes, a terapia não pode prescindir do medicamento -fato já visível no aparato pedagógico, principalmente na medicalização das crianças (Guarido, 2007). Nesse momento, o psicotrópico apareceria como mediador entre os especialistas da socialização e o indivíduo e, até mesmo, entre o indivíduo e o seu self.…”
Section: A Subsunção Do Sofrimento Psíquico à Dor Psíquicaunclassified
“…Nos tempos atuais, vem ocorrendo uma crescente medicalização 1 do processo ensino-aprendizagem, na qual profissionais de saúde, pais e professores, sustentados por idéias e conceitos amplamente divulgados na mídia, centram as causas do fracasso escolar e dos problemas de desenvolvimento nas próprias crianças e em suas famílias (Moysés & Collares, 1997;Patto, 1991;Angelucci et al, 2004;Guarido, 2007).…”
Section: Percepção De Pais E Professoresunclassified
“…Pais com pouca alfabetização ou pouco envolvidos no preenchimento podem responder aos 1 Medicalização pode ser definida como o processo pelo qual o significante (sintoma) torna-se inteiramente transparente ao significado e o ser do significado (o sujeito) se esgota na própria sintaxe do significante que passa a ser reconhecido como manifestações de desordens bioquímicas ou fisiológicas. Em outras palavras, há um abandono da busca do sentido dos sintomas apresentados pelo sujeito em detrimento de uma realidade normatizadora e reguladora, na qual o sujeito é definido de acordo com um funcionamento: quando em ordem, normal; quando alterado, doente (Foucault, 2004;Guarido, 2007).…”
Section: Percepção De Paisunclassified
See 2 more Smart Citations