2015
DOI: 10.7476/9788568334614
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Tradução &: perspectivas teóricas e práticas

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1
1

Citation Types

0
0
0
2

Year Published

2018
2018
2024
2024

Publication Types

Select...
4

Relationship

1
3

Authors

Journals

citations
Cited by 4 publications
(2 citation statements)
references
References 12 publications
0
0
0
2
Order By: Relevance
“…Este, por sua vez, é (in)diretamente responsável pela construção da identidade do Outro estrangeiro no texto traduzido. Amorim (2015) ressalta que o tradutor, imerso em sua própria cultura e língua, traduz o Outro, e essa tradução é recheada de valores, significados e marcas culturais, sociais e ideológicas; para o autor (2015, p. 158):…”
Section: O Contexto: Escritas E(m) Traduçãounclassified
See 1 more Smart Citation
“…Este, por sua vez, é (in)diretamente responsável pela construção da identidade do Outro estrangeiro no texto traduzido. Amorim (2015) ressalta que o tradutor, imerso em sua própria cultura e língua, traduz o Outro, e essa tradução é recheada de valores, significados e marcas culturais, sociais e ideológicas; para o autor (2015, p. 158):…”
Section: O Contexto: Escritas E(m) Traduçãounclassified
“…É nesse contexto, e partindo de todas essas singularidades, que nos propomos a realizar uma análise da "tradução" de um desses contos. Para tanto, baseamo-nos nas pesquisas de Crépon (2004), Cristina Carneiro Rodrigues (2008) e Lauro Amorim (2015), dentre outros, mais especificamente no que diz respeito à problemática do próprio conceito de tradução, à tradução como escrita que consolida literaturas não canônicas e, consequentemente, as questões identitárias subjacentes a esse processo.…”
Section: Introductionunclassified