2011
DOI: 10.1590/s1413-294x2011000200003
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Revisão sistemática da literatura sobre estigma social e alcoolismo

Abstract: Diversas pesquisas têm abordado o tema estigma social e suas implicações na vida dos estigmatizados. Uma vez que o alcoolismo e problemas relacionados ao uso de álcool configuram-se como um dos principais problemas de saúde pública da América Latina, o presente artigo teve como objetivo realizar uma pesquisa bibliométrica de artigos científicos sobre os temas estigma social, estereotipagem e alcoolismo. Os artigos foram pesquisados em quatro bancos de dados LILACS (Literatura Latino Americana e do Caribe em Ci… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
1

Citation Types

0
0
0
10

Year Published

2016
2016
2019
2019

Publication Types

Select...
5
2

Relationship

0
7

Authors

Journals

citations
Cited by 10 publications
(10 citation statements)
references
References 20 publications
0
0
0
10
Order By: Relevance
“…Neste contexto Goffman, em sua obra intitulada "Estigma: Notas sobre a Manipulação de uma Identidade Deteriorada" de 1963, se propôs fornecer uma definição para o termo estigma, entendendo-o como uma marca ou um sinal de significativo descrédito atribuído a um sujeito portador de determinada característica a qual era identificada como indesejável pelo grupo, tornando-o menos valorizado que os demais e incapacitando-o para uma completa aceitação social. O autor ainda indica que o estigma é um influente símbolo de controle social utilizado na marginalização e desumanização de indivíduos portadores de traços desvalorizados socialmente, sendo desacreditados imediatamente quando esses traços estão visíveis ou são denunciados e revelados de alguma outra forma (DOVIDIO, MAJOR & CROCKER, 2000;GOFFMAN, 2004;GARRIDO, PAIVA, NASCIMENTO, SOUSA & SANTOS, 2007;RONZANI & FURTADO, 2010;DA SILVEIRA, MARTINS, SOARES, GOMIDE & RONZANI, 2011). Jacoby (1999), ao estudar indivíduos com epilepsia identificou duas dimensões da experiência do estigma, classificando-as como "estigma sentido", o qual faz com que o sujeito busque o isolamento por medo da discriminação, por exemplo e o "estigma efetivado", que diz respeito à experiência real de discriminação, ou seja, este ocorre quando a exclusão por conta do estigma já ocorreu, culminando na violação dos direitos do sujeito.…”
Section: Discussionunclassified
“…Neste contexto Goffman, em sua obra intitulada "Estigma: Notas sobre a Manipulação de uma Identidade Deteriorada" de 1963, se propôs fornecer uma definição para o termo estigma, entendendo-o como uma marca ou um sinal de significativo descrédito atribuído a um sujeito portador de determinada característica a qual era identificada como indesejável pelo grupo, tornando-o menos valorizado que os demais e incapacitando-o para uma completa aceitação social. O autor ainda indica que o estigma é um influente símbolo de controle social utilizado na marginalização e desumanização de indivíduos portadores de traços desvalorizados socialmente, sendo desacreditados imediatamente quando esses traços estão visíveis ou são denunciados e revelados de alguma outra forma (DOVIDIO, MAJOR & CROCKER, 2000;GOFFMAN, 2004;GARRIDO, PAIVA, NASCIMENTO, SOUSA & SANTOS, 2007;RONZANI & FURTADO, 2010;DA SILVEIRA, MARTINS, SOARES, GOMIDE & RONZANI, 2011). Jacoby (1999), ao estudar indivíduos com epilepsia identificou duas dimensões da experiência do estigma, classificando-as como "estigma sentido", o qual faz com que o sujeito busque o isolamento por medo da discriminação, por exemplo e o "estigma efetivado", que diz respeito à experiência real de discriminação, ou seja, este ocorre quando a exclusão por conta do estigma já ocorreu, culminando na violação dos direitos do sujeito.…”
Section: Discussionunclassified
“…), aspectos que se relacionam com a percepção do sujeito sobre sua vida. Os problemas com o álcool apresentam-se de forma multideterminada, afetando família, amigos, trabalho e trazendo implicações sociais que, segundo políticas de saúde, devem ser pensadas na interface entre o âmbito social e da saúde, com práticas de prevenção de doenças e promoção de saúde (Brasil, 2009;Silveira et al, 2011).…”
Section: Discussionunclassified
“…Duailibi e Laranjeira (2007) mostram que o uso do álcool em níveis prejudiciais está associado a mais de 60 tipos de enfermidades, tais como desordens mentais, câncer, cirrose, além de suicídios, acidentes, comportamento agressivo, conflitos familiares e produtividade reduzida. Os problemas ocasionados pelo consumo de álcool são significativamente estigmatizados e configuram um dos maiores desafios para a saúde pública na América Latina (Silveira, Martins, Soares, Gomide, & Ronzani, 2011). Eles vão além de danos individuais e afetam amigos e familiares, podendo causar considerável impacto na qualidade de vida.…”
unclassified
“…Por fim, na etapa 3, restaram 40 artigos, pois não foram encontrados todos os artigos da etapa anterior completos e disponíveis. Fonte: Adaptado de Silveira, et. al.…”
Section: Procedimentos Metodológicosunclassified