volume 27, issue 1, P261-273 2015
DOI: 10.1590/0103-207020150114
View full text
|
|
Share

Abstract: Tradução do francês de Naira Pinheiro dos SantosPropriedade, apropriação social e instituição do comum Em 1840, Proudhon fazia do seu princípio crítico um slogan que ficou famoso: "a propriedade é um roubo". Ele golpeava muito diretamente a tradição jurídica que havia levado a fazer da propriedade privada o fundamento da sociedade civil e, correlativamente, da propriedade pública, o domínio particular do Estado. Essa impressionante frase proudhoniana não condenava somente a propriedade burguesa; ela visava to…

Expand abstract