2017
DOI: 10.18471/rbe.v31i3.17898
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Motivação De Alunos De Enfermagem No Uso Das Tecnologias Da Informação E Comunicação

Abstract: <p>Objetivos: mensurar a motivação no uso de Tecnologia da Informação e Comunicação na Educação a Distância de alunos do curso de enfermagem e avaliar a interferência de características pessoais na motivação para o uso dessas tecnologias. Método: estudo transversal quantitativo com o uso da Escala de Avaliação de Fatores de Motivação com Relação à Integração das Tecnologias de Informação e Comunicação ao Ensino. Foram realizadas análises descritiva e inferencial. Resultados: a amostra de 188 alunos de gr… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
1
1

Citation Types

0
0
0
4

Year Published

2020
2020
2023
2023

Publication Types

Select...
4

Relationship

0
4

Authors

Journals

citations
Cited by 4 publications
(4 citation statements)
references
References 13 publications
0
0
0
4
Order By: Relevance
“…Identificação", os participantes consideraram as TDIC como um recurso que auxilia na qualificação profissional (OLIVEIRA et al, 2017).…”
Section: Resultsunclassified
See 1 more Smart Citation
“…Identificação", os participantes consideraram as TDIC como um recurso que auxilia na qualificação profissional (OLIVEIRA et al, 2017).…”
Section: Resultsunclassified
“…Na etapa seguinte, fez-se a leitura dos títulos e resumos, excluindo quatro artigos duplicados e oito que não atendiam ao objetivo da pesquisa, resultando em 12 artigos para análise. Além disso, cabe destacar que quatro artigos também apareceram na pesquisa anterior (OLIVEIRA et al, 2017;LEITE et al, 2016;FROTA et al, 2013;SALVADOR;SAKUMOTO;MARIN, 2013).…”
Section: Metodologiaunclassified
“…Neste sentido, a utilização das TDIC constitui-se ponto chave que ampliam as formas de aprender e auxiliam na qualificação profissional (OLIVEIRA et al, 2017). Elas possibilitam a divulgação e atualização de conhecimento especializado, o acesso a informações em tempo real por diferentes usuários, além de apoiarem a tomada de decisão na prática clínica (GUIMARÃES;GODOY, 2012;MATSUDA et al, 2015).…”
Section: Resultsunclassified
“…A terceira categoria diz respeito às metodologias ativas, que surgem como ferramentas fundamentais e foram apresentadas pelos autores Frota (2014), Öztürk e Dinç (2014) e Oliveira et al (2017) que buscaram a participação efetiva dos discentes, colocando-os no papel de protagonistas de seu ensino, possibilitando a eles o desenvolvimento de competências éticas, comunicativas, habilidades interpessoais, colaboração e pensamento crítico quanto à realidade a ser vivenciada. Desta forma ficaram evidenciadas ao incentivar a Development, v. 9, n. 11, e51591110245, 2020 (CC BY 4.0) | ISSN 2525-3409 | DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i11.10245 aprendizagem de forma autônoma e participativa a partir de situações e/ou problemas reais.…”
Section: Discussionunclassified