2012
DOI: 10.1590/s1413-294x2012000200011 View full text |Buy / Rent full text
|
|

Abstract: As mulheres portadoras de hanseníase, durante grande parte do século XX, não puderam exercer a maternidade devido à política de isolamento compulsório dos doentes adotada para controlar a doença. Os filhos ao nascerem eram levados para os preventórios e o contato com estes era realizado pelo olhar. Visando compreender a experiência da maternidade no hospital colônia foi realizada pesquisa narrativa com três mães que viveram o período de internação compulsória. Os discursos revelam dois momentos distintos da vi… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance
Select...
0
5
0
2

Publication Types

Select...

Relationship

0
0

Authors

Journals