2016
DOI: 10.1590/es0101-73302016151533
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Juventude, Ensino Médio E Os Processos De Exclusão Escolar

Abstract: RESUMO: O artigo tem como objetivo refletir sobre os processos de exclusão escolares vivenciados por jovens adolescentes no Brasil, a partir dos resultados da pesquisa "A exclusão de jovens adolescentes de 15 a 17 anos cursando ensino médio no Brasil: desafios e perspectivas". A pesquisa foi realizada nos anos de 2012 e 2013 nas cidades de Belo Horizonte, Brasília, São Paulo, Fortaleza e Belém. A partir das experiências narradas pelos jovens adolescentes, ao longo dos grupos focais e das entrevistas em profund… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1
1
1
1

Citation Types

0
3
0
23

Year Published

2018
2018
2023
2023

Publication Types

Select...
10

Relationship

0
10

Authors

Journals

citations
Cited by 26 publications
(27 citation statements)
references
References 1 publication
0
3
0
23
Order By: Relevance
“…Os estudos que integram esse primeiro grupo discutem, fundamentalmente, as políticas educacionais no cenário contemporâneo em uma perspectiva sociológica, reconhecendo as disputas e as controvérsias que cercam a definição de políticas para essa etapa da escolarização, bem como os distintos interesses e protagonistas envolvidos(FERRETI, 2016; KRAWCZYK, 2014;MOURA;LIMA FILHO;SILVA, 2015; SILVA, 2015a, b; SILVA, 2016a,b,c). O outro conjunto de estudos visa a compreender as desigualdades educacionais e os processos de exclusão escolar no ensino médio, assim como seus significados e suas consequências para os estudantes situados em um contexto marcado pelo projeto de sociedade capitalista dependente e desigual(ALGEBAILE, 2009;DAYRELL;JESUS, 2016;FRANCESCHINI;MIRANDA-RIBEIRO;GOMES, 2016;GOMES, 1999;PAULA, 2012;PEREIRA;LOPES, 2016;SILVA;OLIVEIRA, 2016;TOMAZETTI;SCHLICKMANN, 2016). Isso implica o desafio de reconhecer as diversidades sociopolíticas, econômicas e culturais, as questões de gênero e de pertencimento étnico-racial e as experiências vividas que interferem nos percursos escolares.…”
unclassified
“…Os estudos que integram esse primeiro grupo discutem, fundamentalmente, as políticas educacionais no cenário contemporâneo em uma perspectiva sociológica, reconhecendo as disputas e as controvérsias que cercam a definição de políticas para essa etapa da escolarização, bem como os distintos interesses e protagonistas envolvidos(FERRETI, 2016; KRAWCZYK, 2014;MOURA;LIMA FILHO;SILVA, 2015; SILVA, 2015a, b; SILVA, 2016a,b,c). O outro conjunto de estudos visa a compreender as desigualdades educacionais e os processos de exclusão escolar no ensino médio, assim como seus significados e suas consequências para os estudantes situados em um contexto marcado pelo projeto de sociedade capitalista dependente e desigual(ALGEBAILE, 2009;DAYRELL;JESUS, 2016;FRANCESCHINI;MIRANDA-RIBEIRO;GOMES, 2016;GOMES, 1999;PAULA, 2012;PEREIRA;LOPES, 2016;SILVA;OLIVEIRA, 2016;TOMAZETTI;SCHLICKMANN, 2016). Isso implica o desafio de reconhecer as diversidades sociopolíticas, econômicas e culturais, as questões de gênero e de pertencimento étnico-racial e as experiências vividas que interferem nos percursos escolares.…”
unclassified
“…21 These facts highlight pronounced and already acknowledged social inequalities between high-, middle-and low-income countries. 22 Worldwide, greatest occurrence of pregnancy is associated with socially vulnerable groups, and within this reality 43.0% of pregnancies are unplanned. 10 In this study, the highest median adolescent fertility rates, along with the greatest proportion of low-income population, highest dweller density per household and lowest level of schooling, were found in the Midwest, North and Northeast regions, which historically have been associated with the poorest development and poverty indices in Brazil.…”
Section: Discussionmentioning
confidence: 99%
“…Certos de que este trabalho não esgota as diversas interrogações do campo da EPT, espera-se que o artigo inspire pesquisadores a explorarem a temática. Por fim, para embasar a análise documental, principalmente no tocante aos temas trabalho, juventudes e EMI à EPT, apropriamo-nos das discussões de inúmeros autores, dentre eles Frigotto, Ciavatta, Ramos (2012); Kuenzer (2009); Alves (2011); Kerbauy (2005); Butler (2011); Augé (2012); Stengel, Vieira (2012); Dayrell, Jesus (2016); Arroyo (2019).…”
Section: Percurso Metodológicounclassified