2019
DOI: 10.1590/0102.3772e3551
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Formação do Psicólogo para a Realidade Brasileira: Identificando Recursos para Atuação Profissional

Abstract: RESUMO -Esta pesquisa objetivou verificar quais recursos foram percebidos pelos alunos do último ano de psicologia, como facilitadores para atuação profissional com o que consideravam ser questões da realidade brasileira. Esse processo se desenvolveu a partir de um questionário composto por perguntas fechadas e abertas, disponibilizado via plataforma online. Os resultados permitiram concluir que há uma preocupação por parte dos estudantes com uma formação voltada para as questões sociais e que também há uma va… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
1
1
1

Citation Types

0
0
0
5

Year Published

2021
2021
2022
2022

Publication Types

Select...
4

Relationship

0
4

Authors

Journals

citations
Cited by 4 publications
(5 citation statements)
references
References 4 publications
(4 reference statements)
0
0
0
5
Order By: Relevance
“…O âmbito clínico da psicologia possui marcas de um modelo de atuação que compreendia o sujeito desassociado do seu contexto social, separado da coletividade (Rechtman & Bock, 2019). Objetivando questionar tais compreensões engessadas, essa pesquisa propôs verificar como vem ocorrendo a inclusão da problemática da realidade social nas demandas tratadas no modelo clínico de atuação da profissão através do discurso dos estagiários, considerando que, potencialmente, atuarão tanto profissionalmente quanto na propagação do conhecimento da ciência psicológica.…”
Section: Etiologia Da Psicopatologiaunclassified
See 1 more Smart Citation
“…O âmbito clínico da psicologia possui marcas de um modelo de atuação que compreendia o sujeito desassociado do seu contexto social, separado da coletividade (Rechtman & Bock, 2019). Objetivando questionar tais compreensões engessadas, essa pesquisa propôs verificar como vem ocorrendo a inclusão da problemática da realidade social nas demandas tratadas no modelo clínico de atuação da profissão através do discurso dos estagiários, considerando que, potencialmente, atuarão tanto profissionalmente quanto na propagação do conhecimento da ciência psicológica.…”
Section: Etiologia Da Psicopatologiaunclassified
“…A construção da psicologia no Brasil traz marcas de uma atuação compromissada com os interesses de elites que ditavam a produção do conhecimento e sua função social (Rechtman & Bock, 2019). Tal afirmação justifica-se ao estudar a contribuição dos saberes psicológicos já no período colonial, constatando-se uma psicologia que objetivava o controle ou cura com base em instruções ético-religiosas, cuja intervenção visava estabelecer uma ordem moral (Antunes, 2014;Rudá & Patiño, 2017).…”
Section: Introductionunclassified
“…O campo da formação do psicólogo, no Brasil, tem se estabelecido como um objeto de estudo em uma rede de pesquisas e discussões que focam os diversos aspectos que constituem a profissionalização das variadas perspectivas teóricas e práticas do saber psicológico (Prates et al, 2019). Desse campo, emergem tendências de pesquisas e ponderações sobre tais aspectos formativos, com o intento de elucidar os seus componentes constitutivos (Rechtman & Bock, 2019). Dentre os estudos que versam sobre esses elementos, em suas mais diversas perspectivas teóricas, áreas de atuação, abordagens psicológicas e serviços (Fam & Ferreira, 2019), destacamos uma vertente de investigações sobre os elementos relacionados às dimensões formativas éticas para atuar em psicoterapia (Amendola, 2014;Carvalho et al, 2015).…”
Section: Résuméunclassified
“…A clínica, a escola e a indústria eram focos de formação e os procedimentos técnicos mais trabalhados eram fundados em avaliação, classificação e adaptação. Assim, atender novas demandas de formação de comunidades pautadas na inclusão social, na participação democrática e na defesa de direitos das populações discriminadas, excluídas e invisibilizadas tornam-se desafios e reterritorializações da cidadania (BERNARDES, 2012;AMENDOLA;2014;RECHTMAN;BOCK, 2019).…”
Section: Tensões Temporais No Ensino E Disputas Territoriaisunclassified