2007
DOI: 10.1590/s0100-736x2007000300005 View full text |Buy / Rent full text
|
|

Abstract: Este trabalho teve por objetivo estabelecer padrões de normalidade para as características do fluído ruminal de ovinos da raça Santa Inês criados sob regime extensivo de pastagem no município de Garanhuns, Agreste Meridional de Pernambuco. Foram coletadas amostras de 50 animais, por meio de sonda esofágica, nos períodos de inverno (estação chuvosa) e verão (estação seca). As cores do fluído predominantes foram a verde oliva, no período chuvoso, e a castanha, no período seco. O odor aromático foi observado em t… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance
Select...
1
0
0
0
2

Year Published

2015
2015
2020
2020

Publication Types

Select...
2

Relationship

0
2

Authors

Journals

0
0
0
2
Order By: Relevance
“…Os valores médio de pH do líquido ruminal após 24 horas de incubação foi de 7,38. Entretanto, estudo realizado por Vieira et al (2007), para avaliar a característica do líquido ruminal de ovinos Santa Inês criados extensivamente em Pernambuco demonstrou um valor de pH do líquido ruminal de 6,76. Da mesma maneira estudo conduzido por Cardoso et al (2000) indicou que os valores de pH do líquido ruminal de novilhos variaram de 5,76 a 6,83, nos tempos 0, 2, 4, 6 e 8 horas após a alimentação dos animais.…”
Section: Resultsunclassified
Create an account to read the remaining citation statements from this report. You will also get access to:
  • Search over 1b+ citation statments to see what is being said about any topic in the research literature
  • Advanced Search to find publications that support or contrast your research
  • Citation reports and visualizations to easily see what publications are saying about each other
  • Browser extension to see Smart Citations wherever you read research
  • Dashboards to evaluate and keep track of groups of publications
  • Alerts to stay on top of citations as they happen
  • Automated reference checks to make sure you are citing reliable research in your manuscripts
  • 14 day free preview of our premium features.

Trusted by researchers and organizations around the world

Over 100,000 students researchers, and industry experts at use scite

See what students are saying

rupbmjkragerfmgwileyiopcupepmcmbcthiemesagefrontiersapsiucrarxivemeralduhksmucshluniversity-of-gavle
“…Os valores médio de pH do líquido ruminal após 24 horas de incubação foi de 7,38. Entretanto, estudo realizado por Vieira et al (2007), para avaliar a característica do líquido ruminal de ovinos Santa Inês criados extensivamente em Pernambuco demonstrou um valor de pH do líquido ruminal de 6,76. Da mesma maneira estudo conduzido por Cardoso et al (2000) indicou que os valores de pH do líquido ruminal de novilhos variaram de 5,76 a 6,83, nos tempos 0, 2, 4, 6 e 8 horas após a alimentação dos animais.…”
Section: Resultsunclassified
“…A neutrofilia com desvio a esquerda regenerativo e a hiperfibrinogenemia indicam um processo inflamatório agudo (CÂMARA et al, 2009), provavelmente relacionado as complicações decorrentes do comprometimento do abomaso. A variação na coloração do fluido ruminal analisado, ocorre em função da variedade de alimentos na dieta dos animais (VIEIRA et al, 2007). O comprometimento da microbiota, da consistência e do pH do fluido ruminal são consequências da anorexia e hipomotilidade ruminal.…”
unclassified