2015
DOI: 10.1590/s0104-40362015000100015 View full text |Buy / Rent full text
|
|

Abstract: Resumo O artigo apresenta a primeira parte, teórica e conceitual, de um estudo sobre as lógicas a que o processo de avaliação pode obedecer. Clarifica o conceito de lógica geral e seus critérios, explicitando os passos fundamentais a que o raciocínio avaliativo obedece. Discute o problema da possibilidade de uma avaliação objetiva, cientificamente escorada; propõe modos de controle dos fatores tendentes a criar vieses prejudiciais para a objetividade da avaliação; define as condições de estrutura e de processo… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance
Select...
1
0
0
0
2

Year Published

2020
2020
2021
2021

Publication Types

Select...
2

Relationship

0
2

Authors

Journals

0
0
0
2
Order By: Relevance
“…Isso nos leva a reiterar que não há a compreensão da avaliação como instrumento que possibilita a melhoria dos processos, ou seja, a não-cultura de avaliação está enraizada. Além disso, na avaliação, há uma mistura de informação e poder, com intromissão das emoções pessoais (Parreira & Silva, 2015), o que respalda a afirmação de que a política de cotas não está plenamente legitimada nas IES, ademais, gestoras e gestores não compreendem a importância da avaliação e esta acaba se tornando dispensável.…”
Section: Dificuldades Encontradasunclassified
Create an account to read the remaining citation statements from this report. You will also get access to:
  • Search over 1.2b+ citation statments to see what is being said about any topic in the research literature
  • Advanced Search to find publications that support or contrast your research
  • Citation reports and visualizations to easily see what publications are saying about each other
  • Browser extension to see Smart Citations wherever you read research
  • Dashboards to evaluate and keep track of groups of publications
  • Alerts to stay on top of citations as they happen
  • Automated reference checks to make sure you are citing reliable research in your manuscripts
  • 7 day free preview of our premium features.

Trusted by researchers and organizations around the world

Over 130,000 students researchers, and industry experts at use scite

See what students are saying

rupbmjkragerfmgwileyiopcupepmcmbcthiemesagefrontiersapsiucrarxivemeralduhksmucshluniversity-of-gavle
“…Isso nos leva a reiterar que não há a compreensão da avaliação como instrumento que possibilita a melhoria dos processos, ou seja, a não-cultura de avaliação está enraizada. Além disso, na avaliação, há uma mistura de informação e poder, com intromissão das emoções pessoais (Parreira & Silva, 2015), o que respalda a afirmação de que a política de cotas não está plenamente legitimada nas IES, ademais, gestoras e gestores não compreendem a importância da avaliação e esta acaba se tornando dispensável.…”
Section: Dificuldades Encontradasunclassified
“…Dessa forma, mais que notas e conceitos expressos pelo professor, o rendimento escolar, realizado à base de um sistema de valores, critérios e indicadores, pode referir-se a uma mudança de comportamento e, consequentemente, à aprendizagem de um indivíduo ou de uma coletividade (MASCARENHAS, 2004;PARREIRA;SILVA, 2015).…”
unclassified