2008
DOI: 10.1590/s0102-33062008000200016
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Uso e disponibilidade de recursos medicinais no município de Ouro Verde de Goiás, GO, Brasil

Abstract: RESUMO -(Uso e disponibilidade de recursos medicinais no município de Ouro Verde de Goiás, GO, Brasil). O objetivo do presente estudo foi realizar um levantamento etnobotânico das plantas medicinais usadas por comunidades rurais e urbanas no município de Ouro Verde de Goiás, situado na mesorregião do mato grosso goiano; eleger espécies nativas do bioma Cerrado potenciais para estudos farmacológicos com base na concordância de uso popular corrigida (CUPc); e avaliar se o conhecimento botânico e o cultivo de esp… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
2
1

Citation Types

1
20
0
21

Year Published

2011
2011
2022
2022

Publication Types

Select...
8
1

Relationship

0
9

Authors

Journals

citations
Cited by 62 publications
(42 citation statements)
references
References 17 publications
1
20
0
21
Order By: Relevance
“…Outros trabalhos em Goiás e em regiões do Cerrado tem referido essas famílias e gêneros nas praticas de medicina tradicional (Guarim Neto & Morais, 2003;Villa -Verde et al, 2003;Souza, 2007;Silva & Proença 2008).…”
Section: Raizeirosunclassified
See 1 more Smart Citation
“…Outros trabalhos em Goiás e em regiões do Cerrado tem referido essas famílias e gêneros nas praticas de medicina tradicional (Guarim Neto & Morais, 2003;Villa -Verde et al, 2003;Souza, 2007;Silva & Proença 2008).…”
Section: Raizeirosunclassified
“…A casca do caule e o látex de C. urucurana foram indicados como cicatrizante, contra erisipelas, erupções da pele, infecção uterina e infecções em geral. Outros trabalhos evidenciam o valor destas espécies para os mesmos males (Barros, 1982;Cruz, 1995;Lorenzi & Matos, 2002;Villa-Verde et al 2003;Morais et al 2005;Souza, 2007;Silva & Proença, 2008). Especificamente para C. antisyphilliticus em revisão de plantas medicinais do Brasil, Ferner et al (2006), reportam trabalhos citando seu uso que remontam ao século XIX, para a cura de feridas e úlceras.…”
Section: Raizeirosunclassified
“…In terms of authorization by governmental bodies, there were requirements in four journals: Revista Brasileira de Farmacognosia, Acta Amazônica, Anais da Academia Brasileira de Ciências, and Ethnobiology and Conservation. Within Acta Amazônica guidelines, there is a specific item concerning legal and ethical aspects, which clarifies the organs that are suitable Anderson 1977Miller et al 1989Grandi et al 1989 Rodrigues 1998 Negrelle & Fornazzali, 2007;Ribeiro et al 2007;Rodrigues & Carvalho 2007;Souza 2007;Vieira et al 2007;Yuyama et al 2007;Calábria et al 2008;Cunha-Lima et al 2008;Melo et al 2008;Miranda & Hanazaki, 2008;Rufino et al 2008;Santos et al 2008;Silva & Proença 2008;Baldauf et al 2009;Borges & Peixoto 2009;Castro et al 2009;Eichemberg et al 2009;Fonseca-Kruel et al 2009;Jesus et al 2009;Lanini et al 2009;Leitão et al 2009;Marchese et al 2009;Oliveira & Trovão 2009;Pilla & Amorozo 2009;Pires et al 2009;Santos et al 2009;Scoles 2009;Ustulin et al 2009.…”
Section: Resultsmentioning
confidence: 99%
“…As espécies com CUPc maior que 50% apresentam um apreciável consenso de uso popular, o que pode indicar potencial medicinal, funcionando como uma pré-triagem de espécies para estudos etnofarmacológicos (Silva & Proença 2008). Nesse estudo, 13 espécies apresentaram um alto consenso de informações, o que pode implicar maior efi cácia quanto ao uso (Tab.…”
Section: Resultsunclassified