2002
DOI: 10.1590/s1413-24782002000300004
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Trajetórias escolares, corpo negro e cabelo crespo: reprodução de estereótipos ou ressignificação cultural?

Abstract: O trabalho estabelece uma articulação entre os processos educativos escolares e não-escolares e a construção da identidade negra. Discutem-se as representações e as concepções semelhantes, diferentes e complementares sobre o corpo negro e o cabelo crespo, construídas dentro e fora do ambiente escolar, a partir de lembranças de adolescentes e jovens negras entrevistadas durante a realização de uma pesquisa etnográfica sobre corpo e cabelo como ícones identitários em salões étnicos. Pretende-se compreender o sig… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
1
1
1

Citation Types

0
4
0
78

Year Published

2014
2014
2022
2022

Publication Types

Select...
3
3
2

Relationship

0
8

Authors

Journals

citations
Cited by 93 publications
(82 citation statements)
references
References 0 publications
0
4
0
78
Order By: Relevance
“…A escola é vista como um espaço em que aprendemos e compartilhamos não só conteúdos e saberes escolares, mas valores, crenças, hábitos e, também, preconceitos raciais, de gênero, de classe e de idade. Com base em pesquisa, Gomes (2002) afi rma que a trajetória escolar aparece em todos os depoimentos como um importante momento no processo de construção da identidade negra reforçando estereótipos e representações negativas sobre esse segmento étnico-racial e o seu padrão estético. Como podemos constatar na fala de uma cotista:…”
Section: Negros E Indígenas Ocupam O Templo Brancounclassified
“…A escola é vista como um espaço em que aprendemos e compartilhamos não só conteúdos e saberes escolares, mas valores, crenças, hábitos e, também, preconceitos raciais, de gênero, de classe e de idade. Com base em pesquisa, Gomes (2002) afi rma que a trajetória escolar aparece em todos os depoimentos como um importante momento no processo de construção da identidade negra reforçando estereótipos e representações negativas sobre esse segmento étnico-racial e o seu padrão estético. Como podemos constatar na fala de uma cotista:…”
Section: Negros E Indígenas Ocupam O Templo Brancounclassified
“…School is regarded as a space where we learn and share not just scholarly content and knowledge, but also values, beliefs, habits and prejudices regarding race, gender, class, and age. Gomes's studies on race relations in Brazilian schools point out that the school years are for most students an important moment for constructing a Black identity, where negative stereotypes and representations on this racial segment and its aesthetic standards are reinforced [Gomes, 2002]. This is shown in the following statement:…”
Section: Facing Discriminationmentioning
confidence: 99%
“…De acordo com Gomes (2002), o corpo fala a respeito do nosso estar no mundo, pois a nossa localização na sociedade dá-se pela sua mediação no espaço e no tempo. Estamos diante de uma realidade dupla e dialética: ao mesmo tempo que é natural, o corpo é também simbólico (GOMES, p.41, 2002).…”
Section: Sobre Estereótiposunclassified
“…Os apelidos marcam a história dos/as negros/as, sendo suas primeiras experiências públicas de rejeição ao corpo, além de expressarem que a estética negra é vista como símbolo de inferioridade, sempre associada a objetos e artefatos artificiais, tal como palha de aço, piaçava etc. (GOMES, 2002).…”
Section: Sobre Estereótiposunclassified
See 1 more Smart Citation