2016
DOI: 10.1590/1518-8345.0411.2752
View full text |Buy / Rent full text
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: Objective: to evaluate the instrumental and emotional social support of patients with chronic kidney disease on hemodialysis. Method: descriptive cross-sectional study. The sample was sized for convenience and included 103 participants under treatment in a Renal Replacement Therapy Unit. Data were collected through individual interviews, using the Social Support Scale. Results: the mean scores of the emotional and instrumental social support were 3.92 (± 0.78) and 3.81 (± 0.69) respectively, an indication of g… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
3
1
1

Citation Types

1
22
0
21

Year Published

2017
2017
2019
2019

Publication Types

Select...
4

Relationship

0
4

Authors

Journals

citations
Cited by 29 publications
(44 citation statements)
references
References 17 publications
(44 reference statements)
1
22
0
21
Order By: Relevance
“…Consta-se um crescente número de estudos descrevendo a influência da rede social e de apoio social no processo saúde doença e cuidado em decorrência da complexidade do viver, adoecer e cuidar. A partir de uma busca na literatura identificou-se que são incipientes os estudos sobre este tema considerando a doença renal crônica e diálise (SCHWARTZ et al, 2009;SILVA et al, 2016;CARILLO VEGA et al, 2017).…”
Section: Introductionunclassified
See 1 more Smart Citation
“…Consta-se um crescente número de estudos descrevendo a influência da rede social e de apoio social no processo saúde doença e cuidado em decorrência da complexidade do viver, adoecer e cuidar. A partir de uma busca na literatura identificou-se que são incipientes os estudos sobre este tema considerando a doença renal crônica e diálise (SCHWARTZ et al, 2009;SILVA et al, 2016;CARILLO VEGA et al, 2017).…”
Section: Introductionunclassified
“…Entre os estudos localizados destaca-se estudo desenvolvido no Brasil avaliou o suporte social instrumental e emocional de pacientes renais crônicos em hemodiálise, e apontou que entre as fontes mais frequentes de suporte social instrumental e emocional encontram-se os parceiros, cônjuges e amigos (SILVA et al, 2016). Estudo desenvolvido no México investigou o empoderamento e as características do apoio social em pessoas com doença renal, apontando a família e o apoio emocional, o mais frequente, e que contribuiu de forma positiva para o empoderamento e autonomia (CARRILO VEGA et al, 2017).…”
Section: Introductionunclassified
“…Resultados similares foram encontrados em outras situações de doenças crônicas. Estudo utilizando a mesma escala adaptada para pacientes renais identificou como fontes mais frequentes de suporte social instrumental e emocional os parceiros, cônjuge, companheiro ou namorado e amigos (11) . Estudo desenvolvido com casais que vivem com o HIV na África do Sul, demonstra o papel importante da dinâmica positiva do relacionamento e do parceiro(a) no apoio à adesão.…”
Section: Resultsunclassified
“…Por fim, os fatores de proteção sociais abrangem sistemas externos de apoio advindos de grupos e pessoas não familiares que encorajam e reforçam a capacidade da pessoa para lidar com circunstâncias adversas (Shaffer e Yates, 2010;Benetti e Crepaldi, 2012 A atuação em conjunto de pessoas e grupos relacionados ao paciente, tais como família, amigos e equipe de saúde, configura-se como uma rede importante de apoio social (instrumental e emocional) ao enfrentamento da doença e pode levar à obtenção de resultados positivos no tratamento e a uma melhor qualidade de vida (Teixeira et al, 2013;Silva et al, 2016b). Revela-se que com o adoecimento, novos vínculos afetivos são construídos, a exemplo da equipe de saúde, na oferta de cuidados físicos e emocionais, e com outros pacientes, compartilhando experiências e sentimentos (Pereira e Guedes, 2009).…”
Section: Fatores De Proteçãounclassified