2014
DOI: 10.15448/1980-6108.2014.1.16512
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Práticas alimentares nos dois primeiros anos de vida: presença de vulnerabilidade em saúde

Abstract: Investigar as práticas alimentares nos dois primeiros anos de vida em crianças atendidas por um serviço público de saúde. Métodos: Este foi um estudo transversal, realizado a partir de entrevistas com mães de crianças com idade de seis a 24 meses incompletos, recrutadas entre os meses de fevereiro e junho de 2013, na Unidade Básica de Vigilância em Saúde do município de São Miguel do Oeste, estado de Santa Catarina. Como instrumento de coleta utilizou-se um questionário de frequência do consumo alimentar do Si… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
3
2

Citation Types

0
1
0
7

Year Published

2020
2020
2022
2022

Publication Types

Select...
4
1

Relationship

0
5

Authors

Journals

citations
Cited by 5 publications
(8 citation statements)
references
References 25 publications
(26 reference statements)
0
1
0
7
Order By: Relevance
“…Apesar disso, a importância do conceito para a saúde coletiva do mundo, pois tem sido discutido em diferentes países, chegando aos cinco continentes, com destaque para a América do Sul (Figueredo & Ayres, 2002;Meneghel et al, 2003;Silva et al, 2007;Bonolo et al, 2008;Maia et al, 2008;Berardinelli et al, 2011;Pimentel et al, 2011;Mussi et al, 2012;Gaviria et al, 2012;Silva & Saldanha, 2012;Bezerra et al, 2012;Santos & Gomes., 2013a;Barros et al, 2013;Sousa et al, 2013;Nicolau et al, 2013;Lima et al, 2013;Bubadué et al, 2013;Taquette et al, 2013;Santos et al, 2013b;Atanázio et al, 2013;Muñoz et al, 2013;Fatini et al, 2014;Carrillo et al, 2014;Barbesí-Fernández et al, 2014;Amendola et al, 2014;Mello et al, 2014;Duarte et al, 2014;Takahashi et al, 2014;Taglietti et al, 2014;Santos et al, 2014;Bringol et al, 2015;Matínez et al, 2015;Santos et al, 2015;Bittencourt et al, 2015;Souza et al, 2015;Silva, Laroca et al, 2015;Pasqual et al, 2015;Bezerra et al, 2015;Zanatta & Motta, 2015;…”
Section: Discussionunclassified
“…Apesar disso, a importância do conceito para a saúde coletiva do mundo, pois tem sido discutido em diferentes países, chegando aos cinco continentes, com destaque para a América do Sul (Figueredo & Ayres, 2002;Meneghel et al, 2003;Silva et al, 2007;Bonolo et al, 2008;Maia et al, 2008;Berardinelli et al, 2011;Pimentel et al, 2011;Mussi et al, 2012;Gaviria et al, 2012;Silva & Saldanha, 2012;Bezerra et al, 2012;Santos & Gomes., 2013a;Barros et al, 2013;Sousa et al, 2013;Nicolau et al, 2013;Lima et al, 2013;Bubadué et al, 2013;Taquette et al, 2013;Santos et al, 2013b;Atanázio et al, 2013;Muñoz et al, 2013;Fatini et al, 2014;Carrillo et al, 2014;Barbesí-Fernández et al, 2014;Amendola et al, 2014;Mello et al, 2014;Duarte et al, 2014;Takahashi et al, 2014;Taglietti et al, 2014;Santos et al, 2014;Bringol et al, 2015;Matínez et al, 2015;Santos et al, 2015;Bittencourt et al, 2015;Souza et al, 2015;Silva, Laroca et al, 2015;Pasqual et al, 2015;Bezerra et al, 2015;Zanatta & Motta, 2015;…”
Section: Discussionunclassified
“…E, ao se comparar o tempo de AME com as condições de SA e IA, é notório e cabe salientar que um maior percentual de crianças em condição de IA são amamentadas exclusivamente de 4 a 6 meses e inclusive, por um período superior a 6 meses, sugerindo que isso ocorra devido a alguns fatores que podem favorecer ou restringir a duração do AME, como aspectos biológicos, culturais, assistência à saúde e fatores socioeconômicos (BRASIL, 2015). Nesse sentido, outro estudo realizado em São Miguel do Oeste, Santa Catarina, com 86 crianças em área de vulnerabilidade social, também demonstrou um percentual superior de crianças amamentadas exclusivamente de 4 a 6 meses (RIETH; COIMBRA, 2016) resultados semelhantes aos descritos em outro estudo transversal realizado com 239 crianças entre 48 e 60 meses (TAGLIETTI et al, 2014).…”
Section: Discussionunclassified
“…Na transição do aleitamento materno para o início da oferta de outros tipos de alimentos, faz-se importante compreender o conhecimento dos pais quanto aos hábitos alimentares saudáveis (CONCEIÇÃO, RODRIGUES, 2015;TAGLIETTI, 2014). É primordial iniciar a orientação aos pais desde a amamentação até a introdução dos alimentos para que a criança aprenda de forma saudável os hábitos alimentares que levarão até a vida adulta (BRASIL, 2012;CARLETTI et al, 2017;CONCEIÇÃO, RODRIGUES, 2015;FEGHAN et al, 2014).…”
Section: Introdução Da Alimentação Complementar E Fatores Associadosunclassified
“…Os autores concluíram que a introdução precoce de alimentos pode contribuir para o risco de excesso de peso e associaram o AM com menor prevalência de sobrepeso (CASTRO et al, 2014). Taglietti et al (2014) investigaram as práticas alimentares nos dois primeiros anos de vida em crianças atendidas por um serviço público de saúde. A maioria das crianças seguia boas práticas alimentares, como ingestão de frutas (91,8%), carne (84,8%) e verduras/legumes (82,5%).…”
Section: Introdução Da Alimentação Complementar E Fatores Associadosunclassified
See 1 more Smart Citation