2018
DOI: 10.1590/1982-3703000212034
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Masculinidades no Cárcere: Homens que Visitam suas Parceiras Privadas de Liberdade

Abstract: Resumo O abandono de mulheres no cárcere tem sido documentado por pesquisadores do Brasil. A ausência mais apontada é dos homens que têm parceiras encarceradas. Não por acaso, nenhuma pesquisa específica sobre esses sujeitos foi encontrada na literatura nacional e internacional. Visando suprir, em parte, essa lacuna bibliográfica, foram investigados os cônjuges que frequentam duas penitenciarias femininas em dias de visitas. Através das lentes de gênero, buscou-se compreender os significados atribuídos por ele… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...

Citation Types

0
0
0
1

Year Published

2020
2020
2022
2022

Publication Types

Select...
2

Relationship

0
2

Authors

Journals

citations
Cited by 2 publications
(1 citation statement)
references
References 17 publications
(40 reference statements)
0
0
0
1
Order By: Relevance
“…Considerando o encarceramento feminino, as pesquisas têm evidenciado a pouca ocupação dos homens neste espaço, em especial dos companheiros das mulheres presas. Ao passo que nos presídios masculinos há uma intensa presença de mulheres visitantes (Guimarães et al, 2006), em especial de companheiras destes homens, nos presídios femininos identifica-se o abandono sofrido pelas mulheres presas (Lermen & Silva, 2018).…”
unclassified
“…Considerando o encarceramento feminino, as pesquisas têm evidenciado a pouca ocupação dos homens neste espaço, em especial dos companheiros das mulheres presas. Ao passo que nos presídios masculinos há uma intensa presença de mulheres visitantes (Guimarães et al, 2006), em especial de companheiras destes homens, nos presídios femininos identifica-se o abandono sofrido pelas mulheres presas (Lermen & Silva, 2018).…”
unclassified