2015
DOI: 10.1590/1981-52712015v39n3e02592013
| View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: -Ligas; -Formação; -Ciências da Saúde; -Educação Médica. RESUMO As Ligas Acadêmicas (LAs) surgem nas universidades brasileiras no início do século XX como estratégias e atividades extracurriculares. O objetivo deste estudo foi analisar as Ligas ABSTRACT Academic leagues have emerged in Brazilian universities in the twentieth century as strategies and extracurricular activities. The objective of this paper is to analyze structured academic leagues in operation at the University of Brasilia as teaching and lea… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
2

Citation Types

0
5
0
45

Year Published

2018
2018
2022
2022

Publication Types

Select...
7
1

Relationship

0
8

Authors

Journals

citations
Cited by 36 publications
(50 citation statements)
references
References 10 publications
(19 reference statements)
0
5
0
45
Order By: Relevance
“…Além disso, embora ainda não exista um consenso sobre o conceito das Ligas Acadêmicas, com base na leitura e aná-lise dos diversos autores das publicações selecionadas para este estudo pode-se afirmar que são entidades estudantis, não vinculadas à grade curricular obrigatória, originadas das lacunas de conhecimento identificadas e geridas pelos estudantes, com a orientação de no mínimo um docente e a colaboração de pesquisadores e profissionais do SUS, abrangendo determinada área da saúde e incorporando a indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão 7,8,21 .…”
Section: Discussionunclassified
See 2 more Smart Citations
“…Além disso, embora ainda não exista um consenso sobre o conceito das Ligas Acadêmicas, com base na leitura e aná-lise dos diversos autores das publicações selecionadas para este estudo pode-se afirmar que são entidades estudantis, não vinculadas à grade curricular obrigatória, originadas das lacunas de conhecimento identificadas e geridas pelos estudantes, com a orientação de no mínimo um docente e a colaboração de pesquisadores e profissionais do SUS, abrangendo determinada área da saúde e incorporando a indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão 7,8,21 .…”
Section: Discussionunclassified
“…As LA estão vinculadas a uma Pró-Reitoria de Extensão, mas há predominância das práticas de ensino e de pesquisa sobre as práticas de extensão, devido à burocracia na criação das Ligas, ao calendário acadêmico e ao distanciamento entre a universidade e a comunidade 8 . Torres et al 2 afirmam que é fundamental que as LA não se afastem da sua função primária de extensão universitária.…”
Section: Discussionunclassified
See 1 more Smart Citation
“…Nos últimos anos, tem havido um considerável aumento do número de ligas acadêmicas atuantes nos cursos de graduação em Medicina no Brasil 1,2 , e a Escola Paulista de Medicina (EPM) da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) segue a mesma tendência. Não há consenso na literatura sobre a definição de liga acadêmica, porém tanto a Direção Executiva Nacional dos Estudantes de Medicina (Denem) 3 , quanto a Associação Brasileira de Ligas Acadêmicas (Ablam) 4 e os autores que se debruçaram sobre o assunto 5,6 parecem concordar em que uma liga acadêmica seja uma associação de estudantes que adota como referência o tripé universitário ensino, pesquisa e extensão.…”
Section: Introductionunclassified
“…Differentiating it from other projects for autonomy entrusted to scholars to conduct the teaching-learning process, in addition, the organizational thread is managed by the own students who demand an interpersonal link with others and the development of interpersonal skills and managerial. [2][3] The movement of creation of ALs appeared in 1920 with the creation of the League of Combat against Syphilis, at the Faculty of Medicine of the University of São Paulo. Until today, there is a strengthening and continuity in the foundations; 2 but it was only during the military regime that the leagues began to expand with the aim of questioning the teaching method of universities.…”
mentioning
confidence: 99%