2013
DOI: 10.1590/s0100-55022013000100012
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Learning through role-playing games: an approach for active learning and teaching

Abstract: This study evaluates the use of role-playing games (RPGs) PALAVRAS-CHAVE:-Graduação; -Role-Playing Game; -Síntese de ATP; -Ciclo Celular;-Endocitose e Digestão Celular; -Aprendizagem Ativa. RESUMO Avaliamos o uso dos role-plying games (RPGs) como uma metodologia de ensino e aprendizagem em Biologia Celular. Alunos do primeiro ano de Medicina participaram de aula expositiva tradicional (grupo referência) ou de aula com RPG (grupo RPG). Comparações foram feitas pela análise de questionários pré-e pós-aula co… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
3
1
1

Citation Types

1
13
0
6

Year Published

2016
2016
2023
2023

Publication Types

Select...
6
3

Relationship

0
9

Authors

Journals

citations
Cited by 38 publications
(20 citation statements)
references
References 42 publications
(53 reference statements)
1
13
0
6
Order By: Relevance
“…É possível que o ensino do suporte básico da vida com RPG de maneira complementar às aulas convencionais nesta população alvo seja uma boa estratégia de ensino. Esta hipótese é corroborada no método de ensino para Biologia Celular 3 , que ao aplicar um questionário de opinião a 230 estudantes de medicina após utilizar o RPG constatou que 78% dos participantes consideravam as aulas baseadas em RPG uma ferramenta de ensino efetiva e que 55% dos participantes consideravam as aulas baseadas em RPG melhores que as aulas convencionais, mas que não as substituíam.…”
Section: Discussionunclassified
See 1 more Smart Citation
“…É possível que o ensino do suporte básico da vida com RPG de maneira complementar às aulas convencionais nesta população alvo seja uma boa estratégia de ensino. Esta hipótese é corroborada no método de ensino para Biologia Celular 3 , que ao aplicar um questionário de opinião a 230 estudantes de medicina após utilizar o RPG constatou que 78% dos participantes consideravam as aulas baseadas em RPG uma ferramenta de ensino efetiva e que 55% dos participantes consideravam as aulas baseadas em RPG melhores que as aulas convencionais, mas que não as substituíam.…”
Section: Discussionunclassified
“…A permanência das aulas expositivas como peça central do ensino na maioria das Universidades foi questionada por dois experimentos que chegaram a resultados que sugerem que métodos ativos de ensino aprendizagem, além se serem mais engajantes para o estudante, podem até certo ponto permitir retenção conhecimento de maneira mais eficiente que os métodos tradicionais 2 . Posteriormente, um trabalho a respeito da aprendizagem por meio de role-playing games com estudantes de medicina concluiu que aulas com RPG podem ser tão eficientes quanto aulas tradicionais (expositivas), sendo bem aceitas pelos estudantes e permitindo uma retenção mais duradoura do conhecimento 3 . O uso do RPG para o ensino do SBV pode ser uma ferramenta eficaz para desenvolver as habilidades para situações do dia-a-dia.…”
Section: Introductionunclassified
“…Role-playing games have been created and used in Brazil as teaching materials (Schmit, Martins, & Ferreira, 2009). Randi and de Carvalho (2013) discussed using RPGs to assist with knowledge acquisition and learning in science classrooms. Similarly, Soares, Gazzinelli, de Souza, and Araujo (2015) pointed out the capacity to promote critical and reflexive thinking in the study of nursing.…”
Section: Role-playing Gamesmentioning
confidence: 99%
“…A pesar de que hace varios años la investigación educativa ha profundizado en estos nuevos métodos de aprendizaje muchas universidades se mantienen impartiendo contenidos por sistemas tradicionales y la aplicación de formas alternativas es todavía limitada (Mabusela y Adams, 2016). Si bien es cierto que algunos docentes pueden ser capaces de impartir conferencias altamente motivacionales, este estilo puede ser poco fructífero en la construcción de asociaciones de los contenidos de alto nivel y en facilitar a los estudiantes los conocimientos profesionales que necesita (Randi y Carvalho, 2013). Según Duff (2004) el aprendizaje es influenciado por la percepción que asuma el estudiante de los requisitos de la tarea, que a su vez están marcados por las experiencias educativas anteriores y el contexto actual del aprendizaje.…”
Section: Introductionunclassified