volume 29, issue 3, P137 2017
DOI: 10.11606/0103-2070.ts.2017.125888
View full text
|
|
Share

Abstract: IntroduçãoNos empreendimentos inaugurais e mais sistemáticos no âmbito das ciências sociais, as discussões declaradamente apresentadas como dedicadas "às elites" debruçaram--se sobre segmentos e domínios políticos. Em decorrência, na divisão do trabalho científico -que, como enfatizou Bourdieu (2004), acaba correspondendo a uma divisão real do real -, a referida categoria (não raro tomada de modo substancialista) se constituiu em objeto privilegiado da ciência política, firmando-se espontaneamente como sinôni…

Expand abstract