2011
DOI: 10.1590/s0102-37722011000400004 View full text |Buy / Rent full text
|
|

Abstract: RESUMO -Esse estudo possui seu enfoque nas representações sociais das famílias dos alunos com diagnóstico de Transtorno Mental, frente à perspectiva de sua inclusão em classe comum da rede de ensino e, matriculados em Programa de Educação Especial no município de Indaiatuba, cujo objetivo central era a política sociopedagógica da inclusão. Realizaram-se dois estudos de casos, de natureza descritiva, a partir de entrevistas semi-estruturadas e gravadas, com duas mães com filhos nessa condição. Nos depoimentos, … Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance
Select...
2
1
1
0
2
0
3

Year Published

2014
2014
2019
2019

Publication Types

Select...
4
1

Relationship

0
5

Authors

Journals

0
2
0
3
Order By: Relevance
“…A capacitação dos agentes educacionais, proposta no presente estudo, pode ser considerada como uma alternativa para a queixa demonstrada em diversos estudos que relatam sobre as dificuldades que os professores apontam, em relação às suas respectivas formações acadêmicas para atuarem na perspectiva inclusiva (MACHADO et al, 2008;MENDES;TOYODA, 2011;PIMENTEL, 2012;SANCHES;OLIVEIRA, 2011;SANT'ANA, 2005;SILVEIRA;NEVES, 2006). Isso significa que o trabalho compartilhado, ou melhor, o entrelaçamento sugerido entre às três instâncias aqui propostas -professores regulares, especiais e pais -possa ser compreendido como uma estratégia promissora de ensino na perspectiva inclusiva.…”
Section: Discussõesunclassified
“…It is a space conducive to promotion and articulation, through actions involving education, health, social assistance, for awareness in order to anticipate and resolve conflicts. 18 It is understood that the media is a strong instrument that moves and shapes public opinion, therefore, mass information can contribute to the manifestation of stigma and prejudice. 19 On the other hand, it is proposed that campaigns in mass media can be a decisive factor in the reduction and eradication of prejudice in relation to individuals with mental disorders.…”
Section: Discussionmentioning
“…The work with each agent establishes an opportunity to intervene with the student in different (formal or non-formal) educational dimensions and with different teaching objectives, depending on each agent's function specificity in the interpersonal relationship established with the student, which allows including social (Camargo & Bosa, 2009;Sanches & Oliveira, 2011;Sant'Ana, 2005) and pedagogical skills (Benitez & Domeniconi, 2018;Sanches & Oliveira, 2011). In this spectrum of possibilities, the bibliographical survey conducted by Benitez and Domeniconi (2015) throughout 2013, in relation to different educational agents' performance, verified studies more focused on teaching of social behavior than on teaching of pedagogical behavior.…”
Section: Articlementioning
“…Nesses dois modelos de ensino, o professor da sala de aula comum e o professor de educação especial necessitam, portanto, de um trabalho em conjunto durante o planejamento e de capacitações que garantam a elaboração de atividades que visem o desenvolvimento das habilidades sociais dos estudantes, tais como acadêmicas, com destaque a leitura e a escrita, por serem a base para toda a aprendizagem acadêmica posterior (Araújo & Almeida, 2014;Sanches & Oliveira, 2011;Vilaronga & Mendes, 2014).…”
unclassified
“…Do ponto de vista metodológico, predominam os estudos empíricos, com o uso de escalas e outros instrumentos, como, por exemplo, testes sociométricos (Batista & Enumo, 2004); Escala de Relacionamento Professor -Aluno (Barbosa et al, 2011; Desenhos-Estórias com temas (Ávila et al, 2008;Russo et al, 2009); Escala de Atitudes frente à Educação Inclusiva (Crochik et al, 2009); Escala de Proximidade (Crochik, 2013). Na sequência, aparecem estudos que utilizam entrevistas (Sant'Ana, 2005;Ohl et al 2009;Vitta, 2010;Rodrigues et al, 2012;Barbosa & Souza., 2009;Oliveira-Menegotto et al, 2010); seguidos por estudos com questionários (Tessaro, 2005;Artioli, 2006;Cintra et al, 2009;Montilha et al, 2009;Rocha et al, 2009); estudos que trazem relato de caso e de experiência (Rahme, 2010;Cruz, 2011;Sanches & Oliveira, 2011); estudos que utilizam sistemas conversacionais Gomes & Souza, 2009a;Gomes & Souza, 2009b); análise microgenética (Scorsolini-Comin & Amorim, 2010); análise institucional do discurso (Rodriges et al, 2012). O forte uso de entrevistas e questionários, que, juntos, respondem pela maioria da estratégia metodológica utilizada nesses artigos, talvez se explique pela relação com o objeto de estudo dos trabalhos classificados nessa categoria, que, em geral, buscava acessar as concepções dos profissionais, pais e alunos envolvidos na inclusão escolar.…”
Section: Análise E Discussão Da Segunda Categoria De Publicaçõesunclassified