2006
DOI: 10.1590/s0104-83332006000100014
| View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: A primeira parte do texto trata das várias noções de "diferença" que surgiram na recente controvérsia sobre a categoria "negro" (black) como sinal comum para a experiência de grupos africanoscaribenhos e do sul da Ásia na Grã-Bretanha do pós-guerra. O objetivo é assinalar como "negro" operou como sinal contingente em diferentes circunstâncias políticas. A segunda seção considera as maneiras como questões de "diferença" foram enquadradas na teoria e na prática feministas durante as décadas de 1970 e 1980, tendo… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
1
1
1

Citation Types

2
49
0
500

Year Published

2015
2015
2023
2023

Publication Types

Select...
5
4

Relationship

0
9

Authors

Journals

citations
Cited by 505 publications
(551 citation statements)
references
References 11 publications
2
49
0
500
Order By: Relevance
“…Quando as identificações profissionais e da maternagem mostram intersecções no self, isso se reflete na forma como reinterpreta os códigos tradicionais, buscando reconhecer-se na sua diferença como mãe. Nesse sentido, sua percepção da maternidade no mundo profissional torna-se uma diferença como experiência, mas não uma diferença como identidade (Brah, 2006).…”
Section: Tabelaunclassified
See 1 more Smart Citation
“…Quando as identificações profissionais e da maternagem mostram intersecções no self, isso se reflete na forma como reinterpreta os códigos tradicionais, buscando reconhecer-se na sua diferença como mãe. Nesse sentido, sua percepção da maternidade no mundo profissional torna-se uma diferença como experiência, mas não uma diferença como identidade (Brah, 2006).…”
Section: Tabelaunclassified
“…Ela se contrapõe à ortodoxia das fronteiras entre vida privada e carreira, negando-se a reproduzir o modelo predominante no escritório, demandando reconhecimento à sua diferença como profissional e mãe. Observa-se a intersecção dessas duas identificações no self, com a maternagem configurando a diferença como identidade (Brah, 2006), mas Nadia tem de lidar com as rotulações que seus colegas lhe atribuem, que expressam a visão dominante da dedicação full time. Maurício identifica a licença maternidade como desvantagem para a carreira, afetando a dedicação ao cliente, ao ritmo e ao volume de trabalho, o que prejudica a progressão.…”
Section: Tabelaunclassified
“…Being a MADA or a feminist are experiences that produce subjects through processes that reveal experience as a contested field, that is, as a discursive space in which subjective positionsand different and differential subjectivities -are inscribed, reiterated, or repudiated (Brah, 2006). As such, any understanding of love and/or romantic suffering becomes a signifier for identification, beliefs, and struggles, as well as communicating different messages; reminding us that despite feminisms normative utopian horizons or views on women's emotionality as value and/or damnation, people do not necessarily have identical experiences of events.…”
Section: Rhetorics Of (Re)organization Of the Experience Of Romantic mentioning
confidence: 99%
“…É importante lembrar que as teorias feministas e queer estabelecem diversas rupturas epistemológicas no campo das ciências, produzindo, desse modo, novas concepções de sujeito, outros olhares sobre o social e as subjetividades e uma analítica profunda das relações de poder que permeiam as questões de gênero e sexualidades. Além disso, tais teorias têm se mostrado bastante preocupadas com as questões de interseccionalidade (PISCITELLI, 2008) entre classe social, gerações (DEBERT, 1999;MOT-TA, 2002;POCAHY, 2011), raça/etnia e colonialismos (HOOKS, 1989;ANZALDÚA, 2005;BRAH, 2006). Haraway (1995), por exemplo, ao questionar o pressuposto da objetividade, tão caro à ciência moderna, irá demonstrar que o objetivismo não passaria de retórica que funcionaria dentro de um campo de poder.…”
Section: Perspectivas De Gênero Queer E a Cartografiaunclassified