2018
DOI: 10.1590/0102-311x00150117
| View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: O objetivo do estudo é explorar a associação entre componentes do Piso de Atenção Básica (PAB) fixo e variável, fatores sociodemográficos e perfil epidemiológico com as despesas municipais em atenção primária à saúde no Rio Grande do Sul, Brasil. Foi realizado estudo ecológico com 496 municípios do Rio Grande do Sul. A variável despesa média municipal dos anos de 2011 a 2013 do bloco financeiro da atenção primária à saúde que representou as despesas efetivas com o repasse de recursos federais foi extraída do R… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
3
1
1

Citation Types

0
1
0
7

Year Published

2019
2019
2023
2023

Publication Types

Select...
6

Relationship

1
5

Authors

Journals

citations
Cited by 9 publications
(8 citation statements)
references
References 22 publications
(23 reference statements)
0
1
0
7
Order By: Relevance
“…Os estudos relacionam fragilidades no trabalho interno das equipes (4,13) , como ênfase em ações programáticas e atendimento à demanda espontânea (4)(5)(6)(8)(9)(10)(11)(15)(16)(17)(18)(19)(20)(21)(22)(23) , além de pouco diálogo na rede de serviços e escassez de ações intersetoriais (4)(5)(6)(17)(18)(19)21,23) . Os gestores, em geral, priorizam ações padronizadas do Ministério da Saúde que não consideram especificidades e perfil epidemiológico local, com foco no financiamento (5,7,16,20,23,27,32) . Sem efetiva descentralização de recursos e decisões (5,6,15,(25)(26)(27) , acentua-se a discrepância entre oferta e demanda de serviços (7,16,23) .…”
Section: Resultsunclassified
See 2 more Smart Citations
“…Os estudos relacionam fragilidades no trabalho interno das equipes (4,13) , como ênfase em ações programáticas e atendimento à demanda espontânea (4)(5)(6)(8)(9)(10)(11)(15)(16)(17)(18)(19)(20)(21)(22)(23) , além de pouco diálogo na rede de serviços e escassez de ações intersetoriais (4)(5)(6)(17)(18)(19)21,23) . Os gestores, em geral, priorizam ações padronizadas do Ministério da Saúde que não consideram especificidades e perfil epidemiológico local, com foco no financiamento (5,7,16,20,23,27,32) . Sem efetiva descentralização de recursos e decisões (5,6,15,(25)(26)(27) , acentua-se a discrepância entre oferta e demanda de serviços (7,16,23) .…”
Section: Resultsunclassified
“…Os gestores, em geral, priorizam ações padronizadas do Ministério da Saúde que não consideram especificidades e perfil epidemiológico local, com foco no financiamento (5,7,16,20,23,27,32) . Sem efetiva descentralização de recursos e decisões (5,6,15,(25)(26)(27) , acentua-se a discrepância entre oferta e demanda de serviços (7,16,23) . A integralidade e a longitudinalidade da atenção são bastante prejudicadas neste contexto.…”
Section: Resultsunclassified
See 1 more Smart Citation
“…Outro achado relevante foi que municípios de grande porte, com mais de 100 mil habitantes, apresentaram uma taxa de procedimentos e consultas menores do que os demais. Esses municípios costumam ter maiores investimentos em serviços de média e alta complexidades 21,22 e menores gastos com atenção primária em saúde 23 . Há também diferenças entre as regiões brasileiras, e paradoxalmente a Região Norte que registra as maiores taxas de consulta, também apresenta as menores taxas de procedimentos.…”
Section: Procedimentosunclassified
“…Em estudos ecológicos, trabalha-se com dados agrupados, coletados em nível coletivo (fatores contextuais), e não em nível individual, sendo a unidade de análise uma área geográfica, como, por exemplo, bairros, escolas ou municípios. Portanto, fatores contextuais referem-se a elementos que compõem o macroambiente dos indivíduos, que afetam seu desempenho, mas não são controláveis por eles 8,9 . Não foram identificados estudos anteriores que tenham investigado a relação entre o salário ofertado aos médicos contratados e sua relação com características municipais, sejam elas relativas a fatores contextuais sociodemográficos, à localização geográfica ou aos indicadores de saúde.…”
Section: Introductionunclassified