2011
DOI: 10.1590/s0011-52582011000200003
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Coesão e disciplina partidária no Senado Federal

Abstract: Ali eles vão resolver como já resolveram tantas outras coisas que aconteceram. E queria te dizer o seguinte: é que você não conhece a força de um senador. Coitado do presidente da República, para dar conselho para um senador, ou seja, é quase humanamente impossível. A bancada do PT vai agir da melhor forma possível (resposta do presidente Lula a um jornalista, a respeito da suposta orientação que teria dado à bancada do PT no Senado, na crise que envolvia o ex-presidente Sarney).É muito difícil julgar um coleg… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1
1
1

Citation Types

0
2
0
15

Year Published

2013
2013
2020
2020

Publication Types

Select...
4
2
2

Relationship

0
8

Authors

Journals

citations
Cited by 20 publications
(17 citation statements)
references
References 17 publications
(18 reference statements)
0
2
0
15
Order By: Relevance
“…The assumption, however, is not supported in practice because "the Senate is a house that operates in partisan terms" (Arretche, 2013:54), thus prevailing over the state rationale when reviewing decisions made in the Chamber of Deputies, whose power is equivalent to that of the Federal Senate when it comes to support lent to governments in the context of coalition presidentialism. This has been widely demonstrated in studies on the Federal Senate, such as in Ricci (2008), Neiva (2011), and Neiva and Soares (2013).…”
Section: Types Of Federation and Constitutional Diffusionmentioning
confidence: 62%
“…The assumption, however, is not supported in practice because "the Senate is a house that operates in partisan terms" (Arretche, 2013:54), thus prevailing over the state rationale when reviewing decisions made in the Chamber of Deputies, whose power is equivalent to that of the Federal Senate when it comes to support lent to governments in the context of coalition presidentialism. This has been widely demonstrated in studies on the Federal Senate, such as in Ricci (2008), Neiva (2011), and Neiva and Soares (2013).…”
Section: Types Of Federation and Constitutional Diffusionmentioning
confidence: 62%
“…As prerrogativas concedidas a cada casa, bem como seus regimentos internos, variam em cada país, podendo em alguns casos existir desequilíbrio de funções entre as casas ou até mesmo ritos de tramitação distintos (López & Saéz 2002;García Montero 2007). Estas distinções podem afetar o comportamento legislativo e as relações entre os poderes e, consequentemente, o sucesso legislativo do presidente (Neiva 2011;Diniz 2005).…”
Section: Ii22 Câmara Versus Senadounclassified
“…A literatura sobre governos de coalizão mostrou que, a exemplo do que acontece nos sistemas parlamentaristas, os presidentes costumam também formar suas coalizões de governo com base nos partidos (Amorim Neto, 2000, 2006Carey & Reinhardt, 2004;Martínez-Gallardo, 2012). Como a desproporcionalidade de representação acaba tendo um impacto sobre o tamanho dos partidos, favorecendo aqueles que têm uma presença maior em regiões sobre-representadas (Neiva, 2011;Reynoso, 2001), é razoável supor que tais regiões terão também uma participação na formação do Gabinete. Esse impacto tende a ser ainda maior nos sistemas presidencialistas bicamerais, nos quais os legislativos costumam ser mais desproporcionais (Snyder & Samuels, 2004), e as câmaras altas contam com mais poderes (Lijphart, 1999;Llanos & Nolte, 2003;Neiva, 2006).…”
unclassified