2013
DOI: 10.1590/s1809-29502013000300010
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Capacidade para o trabalho e saúde: o que pensam as trabalhadoras da indústria de vestuário

Abstract: | This study investigated how women operating the garment industry in Divinópolis, Minas Gerais, understand and relate to the perception of work ability and health. We applied qualitative methodology to analyze their statements on the basis of social representations theory. The results suggested that work ability depends on factors such as training, social support, profession at home, job satisfaction, health and aging. Furthermore, it is affected by many influences external to the worker, who in turn, must co… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
2
1

Citation Types

0
0
0
5

Year Published

2016
2016
2022
2022

Publication Types

Select...
3
2

Relationship

0
5

Authors

Journals

citations
Cited by 5 publications
(5 citation statements)
references
References 11 publications
0
0
0
5
Order By: Relevance
“…Considerando que Santa Catarina é polo empregador desse setor e que estudos (Augusto, Sampaio, Ferreira, & Kirkwood, 2013;Bordin, 2019;Cecilio, Costa, Silva, & Marcon, 2013;Polizelli & Leite, 2010;Prazeres & Navarro, 2011;Silva, 2018;Veiga & Galhera, 2017) observaram, ao longo do tempo, a prevalência de mulheres e um cenário de precarização e adoecimento, percebeu-se a necessidade de realizar uma pesquisa sobre tais condições a partir de uma perspectiva analítica de gênero e da divisão sexual do trabalho.…”
Section: Introductionunclassified
“…Considerando que Santa Catarina é polo empregador desse setor e que estudos (Augusto, Sampaio, Ferreira, & Kirkwood, 2013;Bordin, 2019;Cecilio, Costa, Silva, & Marcon, 2013;Polizelli & Leite, 2010;Prazeres & Navarro, 2011;Silva, 2018;Veiga & Galhera, 2017) observaram, ao longo do tempo, a prevalência de mulheres e um cenário de precarização e adoecimento, percebeu-se a necessidade de realizar uma pesquisa sobre tais condições a partir de uma perspectiva analítica de gênero e da divisão sexual do trabalho.…”
Section: Introductionunclassified
“…Out.-Dez. 2016;12(4):222-30. a exposição desta classe de trabalhadores sobre o impacto do trabalho não apenas na capacidade de trabalho, mas também na saúde dessas mulheres (2) .…”
Section: Introductionunclassified
“…No cotidiano de costureiras, o apoio social fornecido por meio das relações interpessoais pode, também, ser considerado uma importante medida de proteção à saúde que auxilia as trabalhadoras a se manterem ativas e capacitadas para o trabalho. Para 17 costureiras entrevistadas em seu estudo, Augusto et al, (2013) informam que as trabalhadoras referem que suas capacidades para o trabalho dependem dos seguintes fatores: capacitação/qualificação, satisfação, saúde /envelhecimento e suporte social.…”
Section: Apoio Social E Saúde Mentalunclassified
“…Mesmo aquelas que trabalham na cooperativa, onde o ambiente foi considerado melhor, destacaram que enfrentam dificuldades para o cumprimento dos prazos e dificuldades em conciliar atividades múltiplas nas fábricas. Essas são características próprias do trabalho de costureiras e que também são referenciadas em alguns estudos prévios (AUGUSTO et al, 2013;BOJAR et al, 2011;NAVARRO et al, 2012; PRAZERES; NAVARRO, 2011) que tratam do assunto. Tal situação aponta para a necessidade de novas discussões e medidas que visem à redução do desgaste físico e mental sofridos por costureiras.…”
Section: As Relações De Trabalho Das Costureirasunclassified
See 1 more Smart Citation