2010
DOI: 10.1590/s1415-52732010000200002 View full text |Buy / Rent full text
|
|

Abstract: ObjetivoRealizar um diagnóstico da existência das cantinas em Florianópolis, verificando os alimentos e bebidas comercializados, após a instituição da Lei Estadual de Regulamentação das Cantinas. MétodosQuestionário estruturado foi aplicado por telefone com os diretores ou responsáveis pelas cantinas do universo de escolas de ensino fundamental das redes municipal, estadual e particular de Florianópolis. Os dados foram processados e analisados utilizando-se o software SPSS versão 10.0. ResultadosDas 117 instit… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance
Select...
5
0
6
0
26

Year Published

2012
2012
2017
2017

Publication Types

Select...
2

Relationship

1
1

Authors

Journals

0
6
0
26
Order By: Relevance
“…No ambiente escolar, o acesso aos alimentos pode ocorrer por meio de fontes diversas, sendo uma delas as cantinas escolares, presentes na maioria das escolas da América Latina 4,5 . Nesse sentido, a cantina comercial escolar deve ser considerada no planejamento de ações para a promoção da alimentação saudável no ambiente escolar, por ser um dos locais onde a prática alimentar se efetua, com oferta diária de alimentos 5,6 .…”
Section: N T R O D U ç ã Ounclassified
“…Nesse sentido, a cantina comercial escolar deve ser considerada no planejamento de ações para a promoção da alimentação saudável no ambiente escolar, por ser um dos locais onde a prática alimentar se efetua, com oferta diária de alimentos 5,6 .…”
Section: N T R O D U ç ã Ounclassified
See 2 more Smart Citations
“…Esse resultado é alarmante, na medida em que, além de serem alimentos de baixa qualidade nutricional, há uma incoerência no que se refere a todo o contexto escolar, pois os próprios educadores que prezam por uma alimentação saudável, na teoria, em sala de aula, são os mesmos que estão dispondo alimentos inadequados aos alunos. Gabriel et al (2010) observaram que, das 105 escolas participantes do estudo, realizado em Florianópolis-SC, 26,7% possuíam venda informal de alimentos. Já Sá (2009) relataram que 10% das escolas públicas investigadas possuíam venda de ambulantes e todas as escolas particulares não possuíam este comércio, diferentemente do presente estudo, em que se notou venda informal em todos os âmbitos.…”
Section: Introductionunclassified