2017
DOI: 10.1590/1981-6723.13616
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Comércio informal e formal de alimentos no âmbito escolar de um município da região central do Rio Grande do Sul

Abstract: Este é um artigo publicado em acesso aberto (Open Access) sob a licença Creative Commons Attribution, que permite uso, distribuição e reprodução em qualquer meio, sem restrições desde que o trabalho original seja corretamente citado. Comércio informal e formal de alimentos no AbstractThe objective of this study was to evaluate the trading of food in schools, both informally and in canteens. The study was carried out from March to May 2011, in a universe of 110 elementary and middle schools of the municipal, s… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
1
1
1

Citation Types

1
4
0
16

Year Published

2019
2019
2023
2023

Publication Types

Select...
8

Relationship

0
8

Authors

Journals

citations
Cited by 12 publications
(21 citation statements)
references
References 7 publications
(7 reference statements)
1
4
0
16
Order By: Relevance
“…Na rede privada, esses percentuais são respectivamente, 62,3%, 70,6% e 60,0%. Esses dados vão ao encontro de outros estudos 11,19 em que os alimentos encontrados com maior oferta nas cantinas escolares são produtos ultraprocessados 20 . Provavelmente porque demandam pouco ou nenhum tempo de preparo e não são necessários aparelhos de cozinha para a sua manipulação, preparo e armazenamento.…”
Section: Dados Semelhantes Foram Encontrados Por Giacomelliunclassified
“…Na rede privada, esses percentuais são respectivamente, 62,3%, 70,6% e 60,0%. Esses dados vão ao encontro de outros estudos 11,19 em que os alimentos encontrados com maior oferta nas cantinas escolares são produtos ultraprocessados 20 . Provavelmente porque demandam pouco ou nenhum tempo de preparo e não são necessários aparelhos de cozinha para a sua manipulação, preparo e armazenamento.…”
Section: Dados Semelhantes Foram Encontrados Por Giacomelliunclassified
“…Dessa forma, existe a necessidade de reavaliar esses critérios considerados duvidosos, com auxílio de profissionais capacitados, para proporcionar maior entendimento de todos os envolvidos e melhorar a operacionalização e a fiscalização desses locais. Além disso, é importante a realização de ações educativas junto aos proprietários e funcionários das cantinas, e à direção das instituições de ensino, para que as leis sejam bem compreendidas e aplicadas adequadamente (Gabriel et al, 2010;Giacomelli et al, 2017).…”
Section: Privadaunclassified
“…Em vista disso, a situação das cantinas tem sido pauta para bastante discussão entre órgãos responsáveis e vem passando por frequentes alterações e adequações com o intuito de melhorar a qualidade dos alimentos consumidos no ambiente escolar (Gabriel et al, 2012;Giacomelli et al, 2017;Machado & Höfelmann, 2019). Em 2006, o Ministério da Saúde publicou a Portaria Interministerial n.º 1.010 como diretriz para promoção da alimentação saudável nas escolas de redes públicas e privadas (Brasil, 2006).…”
Section: Alimentosunclassified
“…Mas foi em 2010 que o Ministério da Saúde divulgou um material intitulado: "Manual das cantinas escolares saudáveis: promovendo a alimentação saudável", como meio de orientação aos proprietários das cantinas categorizando os alimentos cuja comercialização seria permitida e quais seriam proibidos -como alimentos ricos em açúcar, gordura, ultraprocessados e de baixo valor nutricional (Brasil, 2010). A partir de então coube aos estados aplicar essas normas e as tornar vigentes (Giacomelli et al, 2017). Gerais, 2018).…”
Section: Alimentosunclassified
See 1 more Smart Citation