2010
DOI: 10.1590/s0101-32622010000200006
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

A prevenção às drogas como garantia do direito à vida e à saúde: uma interface com a educação

Abstract: RESUMO:Os apelos midiáticos do consumismo nos levam a fazer uma reflexão sobre o consumo de drogas e a sua prevenção. A falta de políticas públicas preventivas nos remete a pensar que o ser humano tem sido furtado do direito à vida e à saúde. O que se pretende aqui, sem usar jargões de campanhas de prevenção às drogas, mas concordando com a essência das palavras, é que prevenção também se ensina e a falha está em não compreendermos a importância de considerá-la em seus diferentes níveis.Palavras-chave: Drogas.… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
1
1

Citation Types

0
5
0
2

Year Published

2016
2016
2019
2019

Publication Types

Select...
5

Relationship

0
5

Authors

Journals

citations
Cited by 5 publications
(7 citation statements)
references
References 0 publications
0
5
0
2
Order By: Relevance
“…O Estado é, portanto, responsável por tomar medidas positivas oferecer acesso qualificado ao exercício do direito à saúde. Outrossim, embora a legislação aponte para a responsabilidade do Estado em prover assistência à saúde como um direito de todo cidadão, a literatura demonstra que as equipes de saúde que atuam em diferentes serviços de saúde não estão preparadas para oferecer um cuidado pautado nas reais necessidades desses sujeitos e isso desencadeia falhas na promoção deste direito (13,(22)(23)(24)(25) . de saúde, e que os ensaios clínicos configuram-se como substituições imperfeitas e esporádicas para os cuidados de saúde que deveriam abranger todos os indivíduos, sem discriminação 25. Em geral, os tratamentos assumem a forma de sanção e por isso seu caráter terapêutico não é alcançado e acarreta em elevadas taxas de recaída 22 .…”
Section: Ausência De Tratamentos Efetivos E a Violação Do Direito à Sunclassified
“…O Estado é, portanto, responsável por tomar medidas positivas oferecer acesso qualificado ao exercício do direito à saúde. Outrossim, embora a legislação aponte para a responsabilidade do Estado em prover assistência à saúde como um direito de todo cidadão, a literatura demonstra que as equipes de saúde que atuam em diferentes serviços de saúde não estão preparadas para oferecer um cuidado pautado nas reais necessidades desses sujeitos e isso desencadeia falhas na promoção deste direito (13,(22)(23)(24)(25) . de saúde, e que os ensaios clínicos configuram-se como substituições imperfeitas e esporádicas para os cuidados de saúde que deveriam abranger todos os indivíduos, sem discriminação 25. Em geral, os tratamentos assumem a forma de sanção e por isso seu caráter terapêutico não é alcançado e acarreta em elevadas taxas de recaída 22 .…”
Section: Ausência De Tratamentos Efetivos E a Violação Do Direito à Sunclassified
“…This movement of expansion is what throws mankind to great discoveries, leading it to face the challenge of the unknown -essential attitude of human nature, as a reflection of its desire to know more and its boldness to break boundaries. Certain experiences can break through these limitations, among them: art, passions and drugs* (9) . Or, in the words of Bucher (10) , mankind, in order to cure ailments, relieve pain and achieve pleasure, often launches itself towards drugs.…”
Section: Drugs and Their Psychosocial Impactmentioning
confidence: 99%
“…Examples of this are the neglect and scarcity that we can see daily in the current Brazilian public services regarding access to health, housing, security, education and culture -and, therefore, an effective limitation of the daily exercise of freedom of the citizen, which can cause a number of physical, psychological and social damages, not only to the individual but also to society as a whole. Often, what is observed is that, in the face of these experiences of deprivation, the confrontation and transgression of a man is intensified through the use and abuse of drugs (9) . Thus, for example, psychoactive drugs such as cocaine and marijuana have the ability to change states of consciousness and, therefore, modify the behavior -a universal phenomenon of mankind.…”
Section: Drugs and Their Psychosocial Impactmentioning
confidence: 99%
See 1 more Smart Citation
“…Na literatura observam-se diversos estudos sobre intervenções de cunho educativo nesse campo. Grande parte das publicações descreve experiências voltadas à prevenção do uso de SPAs entre jovens em escolas e organizações sociais, à instrumentalização e capacitação de profissionais para o trabalho preventivo nesse âmbito e ao tratamento de usuários [9][10][11][12][13][14][15][16][17] . São escassas, todavia, descrições de estratégias de acolhimento ao sujeito com questões judiciais decorrentes do consumo.…”
unclassified