2016
DOI: 10.1590/1805-9584-2016v24n1p261
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

A imprensa feminina no Rio de Janeiro nas décadas finais do século XIX

Abstract: Resumo: O objetivo deste artigo é apresentar e analisar três jornais escritos por mulheres e que circularam na cidade do Rio de Janeiro no final do Oitocentos: O Sexo Feminino (1873-1889) ‒ o qual, após a República passou a se chamar O Quinze de Novembro do Sexo Feminino (1889-1890) ‒, Echo das Damas (1879-1888) e A Familia (1888-1894). Com relação ao O Sexo Feminino, seu tema central foi a educação feminina como necessária para o aperfeiçoamento da sociedade. O Echo das Damas teve na defesa da educação femini… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1
1

Citation Types

0
0
0
2

Year Published

2018
2018
2020
2020

Publication Types

Select...
3

Relationship

0
3

Authors

Journals

citations
Cited by 3 publications
(2 citation statements)
references
References 4 publications
(2 reference statements)
0
0
0
2
Order By: Relevance
“…Lerice Garzoni ajuda a perceber como, a despeito de um discurso de juristas e médicos, as mulheres conquistavam, cada vez mais, espaços na esfera públicaseja na escrita e publicação de periódicos, seja na organização de sociedades beneficentes, associações, entre outros (GARZONI, 2012, p. 34). Ampliavam-se as discussões na imprensa por um maior acesso a profissões usualmente ocupadas por homens (TEIXEIRA, 2010;PITA, 2009;MUZART;LEITE, 2003;CARULA, 2016;GARZONI, 2009;PINHEIRO, 2007;LENHARO, 1988).…”
Section: Práxis Educacionalunclassified
“…Lerice Garzoni ajuda a perceber como, a despeito de um discurso de juristas e médicos, as mulheres conquistavam, cada vez mais, espaços na esfera públicaseja na escrita e publicação de periódicos, seja na organização de sociedades beneficentes, associações, entre outros (GARZONI, 2012, p. 34). Ampliavam-se as discussões na imprensa por um maior acesso a profissões usualmente ocupadas por homens (TEIXEIRA, 2010;PITA, 2009;MUZART;LEITE, 2003;CARULA, 2016;GARZONI, 2009;PINHEIRO, 2007;LENHARO, 1988).…”
Section: Práxis Educacionalunclassified
“…Seguindo o fio cronológico, a primeira das obras deste período a tratar da beata Joana de Gusmão intitula-se Mulheres illustres do Brazil, cuja autora, Ignez Sabino, foi atuante na imprensa feminina das décadas finais do século XIX (Carula, 2016). À parte o fato da autoria feminina, uma novidade no que diz respeito aos testemunhos deixados sobre a beata, o relato de Ignez Sabino se fixa nas descrições convencionais apresentadas pelos cronistas anteriores (Sabino, 1996, p. 53-59 (Campos, 1917, p. XI-XII).…”
Section: Introductionunclassified