2006
DOI: 10.1590/s0104-71832006000200016
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Toda feita: o corpo e o gênero das travestis

Abstract: A travesti e o gênero: o corpo "todo feito" de ambigüidades, especificidades e curiosidades Para a Fernanda, que fique "toda feita" de idéias e ousadia. Um abraço, Marcos Benedetti. 12.11.05. * Graduanda em Antropologia.

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
1
1

Citation Types

0
2
0
10

Year Published

2014
2014
2023
2023

Publication Types

Select...
7
2

Relationship

0
9

Authors

Journals

citations
Cited by 13 publications
(12 citation statements)
references
References 0 publications
0
2
0
10
Order By: Relevance
“…Embora a epidemia da AIDS tenha provocado que o SUS focasse suas prioridades também nas pessoas travestis e transexuais, conferindo-lhes visibilidade negativa, uma vez que atualmente é conhecido que os problemas de saúde destas pessoas são bem mais complexos e suas demandas são numerosas (PRADO e SOUZA, 2017). A prostituição compulsória para as travestis significa não apenas sua sobrevivência financeira, mas também a possibilidade de pertencimento social, que lhes é negado em outros espaços, como foi explicitada por Tussi (2006). Para o autor, é na rua que as travestis exercitam o feminino, a afetividade, as relações sociais, mas é também o espaço de consumo em geral, inclusive de drogas, silicone industrial, hormônios e outros medicamentos (TUSSI, 2006).…”
Section: Saúde Da População Lgbt Na Aps E Seus Principais Desafios Assistenciaisunclassified
See 1 more Smart Citation
“…Embora a epidemia da AIDS tenha provocado que o SUS focasse suas prioridades também nas pessoas travestis e transexuais, conferindo-lhes visibilidade negativa, uma vez que atualmente é conhecido que os problemas de saúde destas pessoas são bem mais complexos e suas demandas são numerosas (PRADO e SOUZA, 2017). A prostituição compulsória para as travestis significa não apenas sua sobrevivência financeira, mas também a possibilidade de pertencimento social, que lhes é negado em outros espaços, como foi explicitada por Tussi (2006). Para o autor, é na rua que as travestis exercitam o feminino, a afetividade, as relações sociais, mas é também o espaço de consumo em geral, inclusive de drogas, silicone industrial, hormônios e outros medicamentos (TUSSI, 2006).…”
Section: Saúde Da População Lgbt Na Aps E Seus Principais Desafios Assistenciaisunclassified
“…A prostituição compulsória para as travestis significa não apenas sua sobrevivência financeira, mas também a possibilidade de pertencimento social, que lhes é negado em outros espaços, como foi explicitada por Tussi (2006). Para o autor, é na rua que as travestis exercitam o feminino, a afetividade, as relações sociais, mas é também o espaço de consumo em geral, inclusive de drogas, silicone industrial, hormônios e outros medicamentos (TUSSI, 2006).…”
Section: Saúde Da População Lgbt Na Aps E Seus Principais Desafios Assistenciaisunclassified
“…A relação entre o sentido político-social em atos ditos masculinos exercido por homens trans pode ser bem mais claro quando o assunto muda para o uso de hormônios e cirurgias, uso tão ligado à comunidade transexual que o senso comum leva a entender que é o que se resume ser trans e que pessoas cisgêneros não realizam esses procedimentos médicos (TUSSI, 2006).…”
Section: Homem Sim Trans Também Hormônios à Parteunclassified
“…Nestes trabalhos, os temas gravitam em torno da "reconstrução", do "refazer", das "mudanças" e da "transformação" dos corpos nas experiências travestis. A produção e investimento corporal, também conhecida como "toda feita" (Benedetti, 2000;Tussi, 2005), constantemente é detalhada em etnografias, desde o uso de hormônios até a siliconização líquida ou protética (Goldenberg, 2009). Estes processos corporais ainda ocupam grande espaço entre as pesquisas e são interpretados por alguns autores como inversão de papéis (Cardoso, 2005), formação de identidades (M. Garcia, 2007), expressão de gêneros (Damásio, 2009), informação social (R. Ferreira, 2002), corporalidade (Maluf, 2002) ou subversão das matrizes de gênero (Leite Júnior, 2008;Pelúcio, 2007).…”
Section: Nas Pistas Do Salto Alto: Buscas Encontros E Discussõesunclassified