2008
DOI: 10.1590/s0104-44782008000300007
| View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: Este artigo analisa as tendências de funcionamento das comissões parlamentares das câmaras baixas em quatro países do Cone Sul: Argentina, Brasil, Chile e Uruguai. Parte-se do esquema que considera três tipos de variáveis: estruturais, procedimentais e as relativas ao poder das comissões. Procurou-se verificar os tipos de incentivos gerados pelas regras de organização legislativa em cada país: para a atuação clientelista, guiada pela lógica eleitoral, como defende o modelo distributivo; para a especialização, … Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1
1

Citation Types

0
1
0
7

Year Published

2016
2016
2022
2022

Publication Types

Select...
6

Relationship

0
6

Authors

Journals

citations
Cited by 9 publications
(8 citation statements)
references
References 13 publications
0
1
0
7
Order By: Relevance
“…Semelhante ao que se encontra na literatura sobre o Congresso Nacional (Pereira & Müller, 2000;Müller, 2005;Rocha & Barbosa, 2008;Müller, 2011;Santos & Canello, 2016), os estudos do sistema comissional do Capitólio apontam para um mosaico de vertentes explicando as designações às comissões. Gertzog (1976) mostra como políticos novatos obtinham suas nomeações às comissões de preferência, desde que se mantivessem alinhados ao partido.…”
Section: Estudos Internacionais: Comissões Temáticas Nos Parlamentosunclassified
“…Semelhante ao que se encontra na literatura sobre o Congresso Nacional (Pereira & Müller, 2000;Müller, 2005;Rocha & Barbosa, 2008;Müller, 2011;Santos & Canello, 2016), os estudos do sistema comissional do Capitólio apontam para um mosaico de vertentes explicando as designações às comissões. Gertzog (1976) mostra como políticos novatos obtinham suas nomeações às comissões de preferência, desde que se mantivessem alinhados ao partido.…”
Section: Estudos Internacionais: Comissões Temáticas Nos Parlamentosunclassified
“…Furthermore, it seeks to offer responses to the multiplicity of topics and issues faced within the political system. From the organizational point of view, the legislative commissions contribute to the solution of coordination issues and to the endowment of greater stability and predictability of the process of framing public policies (ROCHA and BARBOSA, 2008;SANTOS and ALMEIDA, 2011).…”
Section: The Locus Of the Union Minoritymentioning
confidence: 99%
“…Da mesma forma, também é possível pontuar a existência de trabalhos que tratam do sistema de comissões no Brasil. Essa bibliografia se debruça sobre 1) determinantes de seleção dos membros para as diferentes comissões (Santos, 2002;Muller, 2005;Araújo 2017), a ocupação dos cargos de titulares nas comissões (Lemos & Ranincheski, 2008;Pereira, 2019;Souza e Silva, 2019;Ferreira, 2019); 2) o uso do poder conclusivo/terminativo e a produção de pareceres e decisões nas comissões (Lemos, 2008;Amaral, 2011;Ricci & Lemos, 2004) e a questão da representação feminina nas comissões (Busanello & Rehbein, 2017;Perlin, 2019); 3) o papel informacional das comissões (Santos & Almeida, 2011;Santos & Canello, 2016) e a função das comissões no presidencialismo de coalizão brasileiro (Pereira & Mueller, 2000); 4) o sistema de comissões em perspectiva comparada (Rocha & Barbosa, 2008) e 5) caracterização normativa-institucional e transformações no sistema de comissões (Almeida, 2015;Almeida, 2019;Vasquez & Freitas, 2019). Porém, aqui também o foco se concentra no sistema de comissões da Câmara dos Deputados e em comissões específicas do Senado.…”
unclassified