2010
DOI: 10.1590/s0101-32622010000100004 View full text |Buy / Rent full text
|
|

Abstract: RESUMO:A dança é uma forma ancestral de magia, invenção dos deuses que a ensinaram aos homens, diz-nos a mitologia hindu. Envolvido no mistério e movimento da dança, o dançarino pode encantar; porém, antes de tudo é preciso que encante a si mesmo. Não seria este também o caminho do professor? Fazer para si para poder fazer ou propor aos educandos, encantar-se para poder encantar; criar para poder seguir com as crianças a aventura da criação; ousar para poder encorajar? Nesta direção, a pergunta que percorre o … Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance
Select...
2
1
1
1
0
0
0
6

Year Published

2015
2015
2019
2019

Publication Types

Select...
3

Relationship

2
1

Authors

Journals

0
0
0
6
Order By: Relevance
“…Infantil e estudantes de Pedagogia apresentarem repertórios culturais limitados, que tenha pesquisado e discutido sobre as experiências e as relações que tiveram ou mantém com a arte (OSTETTO; LEITE, 2004;OSTETTO, 2006OSTETTO, , 2010, mergulhando no passado e pensando minha história para a composição dessa narrativa, me dou conta de como muitos conteúdos revelados nas atitudes das minhas alunas de Pedagogia falavam/falam com a aluna de Pedagogia que fui. Entre identificações e diferenças, percebo claramente um elemento que, no mais das vezes, esteve/está marcando minhas relações pedagógicas ao longo desses anos: a marca de classe.…”
Section: Ainda Que Em Muitas Ocasiões Eu Tenha Tematizado a Questão Dunclassified
See 1 more Smart Citation
Create an account to read the remaining citation statements from this report. You will also get access to:
  • Search over 1.2b+ citation statments to see what is being said about any topic in the research literature
  • Advanced Search to find publications that support or contrast your research
  • Citation reports and visualizations to easily see what publications are saying about each other
  • Browser extension to see Smart Citations wherever you read research
  • Dashboards to evaluate and keep track of groups of publications
  • Alerts to stay on top of citations as they happen
  • Automated reference checks to make sure you are citing reliable research in your manuscripts
  • 7 day free preview of our premium features.

Trusted by researchers and organizations around the world

Over 130,000 students researchers, and industry experts at use scite

See what students are saying

rupbmjkragerfmgwileyiopcupepmcmbcthiemesagefrontiersapsiucrarxivemeralduhksmucshluniversity-of-gavle
“…Infantil e estudantes de Pedagogia apresentarem repertórios culturais limitados, que tenha pesquisado e discutido sobre as experiências e as relações que tiveram ou mantém com a arte (OSTETTO; LEITE, 2004;OSTETTO, 2006OSTETTO, , 2010, mergulhando no passado e pensando minha história para a composição dessa narrativa, me dou conta de como muitos conteúdos revelados nas atitudes das minhas alunas de Pedagogia falavam/falam com a aluna de Pedagogia que fui. Entre identificações e diferenças, percebo claramente um elemento que, no mais das vezes, esteve/está marcando minhas relações pedagógicas ao longo desses anos: a marca de classe.…”
Section: Ainda Que Em Muitas Ocasiões Eu Tenha Tematizado a Questão Dunclassified
“…Ou seja, a autora chamava a atenção para a formação estética docente, para a "educação do educador", como explicitado no título do livro. Ficou sendo um princípio, em novas sínteses no meu percurso pessoal e profissional: para acolher o outro criador, é necessário ativar o criador em mim, para cultivar beleza, é preciso viver a beleza, para encantar, é preciso encantar-se (OSTETTO, 2010).…”
Section: Um Tecido De Circularidadesunclassified
“…Não explicá-las ou, mesmo, compreendê-las, mas não negar o desconhecido e, talvez, sim, surpreender-se com o que aparece. Aí está o germe da criação (Ostetto, 2010).…”
Section: The Way Of Talking About Him/herself: the Aesthetical Dimensunclassified
“…As práticas com as danças circulares possibilitam o contato com conteúdos que permitem o exercício de imaginação ativa (Jung, 1991), pois, na medida em que conduzem os participantes ao encontro do desconhecido presente nas diferentes culturas, tira-os do lugar, mostra-lhes outros lugares -neles e no mundo. Ao tomar contato com símbolos e rituais de diferentes culturas, quem está na roda da dança pode atravessar o inexplicável campo do mistério que é, também, o território da criação (Ostetto, 2010). Como disse o poeta: "Temos que aceitar a nossa existência em toda a plenitude possível; tudo, inclusive o inaudito, deve ficar possível dentro dela.…”
Section: The Way Of Talking About Him/herself: the Aesthetical Dimensunclassified
“…Dentre esses, estão as danças circulares sagradas, ou denominadas apenas como danças circulares, constituem-se da realização de movimentos desenvolvidos em círculo, envolvendo simbologias, tradição e cultura de diferentes povos. Na roda, de mãos dadas, voltada para um centro comum, ao ritmo de suas músicas, nos passos e nos gestos desenhados no movimento coletivo, as marcas de tradições diversas são dançadas e acolhidas, são vivificadas no círculo 7 .…”
Section: Introductionunclassified