2009
DOI: 10.1590/s1414-98932009000200006
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Os efeitos da meditação à luz da investigação científica em Psicologia: revisão de literatura

Abstract: A meditação, descrita como uma prática de auto-regulação do corpo e da mente, caracteriza-se por um conjunto de técnicas que treinam a focalização da atenção. Também conhecida como treinamento mental, essa prática constitui uma técnica capaz de produzir efeitos psicossomáticos. Este artigo apresenta a revisão de algumas evidências acerca dos benefícios da meditação e do seu papel na aplicação clínica. Inúmeros estudos vêm mostrando a sua eficácia, que está especialmente relacionada à diminuição dos sintomas li… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
1
1

Citation Types

1
5
0
13

Year Published

2016
2016
2019
2019

Publication Types

Select...
5
1

Relationship

1
5

Authors

Journals

citations
Cited by 23 publications
(19 citation statements)
references
References 66 publications
(104 reference statements)
1
5
0
13
Order By: Relevance
“…The predominance of pathological or less healthy characteristics in non-practitioners found in other studies is corroborated in the present research (Campanella et al, 2014;Fossati et al, 2012;Leung & Singhal, 2004;Menezes & Dell'Aglio, 2009;van den Hurk et al, 2011). In fact, meditation practitioners are expected to exhibit less pathological personality profiles in relation to people who do not practice since this technique provides improvements in stress management, emotional benefits and social behavior, and also development of maturity, and other aspects, which are considered to be preventive of personality disorders (Campanella et al, 2014;Kabat-Zinn, 2003;Tang et al, 2007).…”
Section: Discussionsupporting
confidence: 88%
See 1 more Smart Citation
“…The predominance of pathological or less healthy characteristics in non-practitioners found in other studies is corroborated in the present research (Campanella et al, 2014;Fossati et al, 2012;Leung & Singhal, 2004;Menezes & Dell'Aglio, 2009;van den Hurk et al, 2011). In fact, meditation practitioners are expected to exhibit less pathological personality profiles in relation to people who do not practice since this technique provides improvements in stress management, emotional benefits and social behavior, and also development of maturity, and other aspects, which are considered to be preventive of personality disorders (Campanella et al, 2014;Kabat-Zinn, 2003;Tang et al, 2007).…”
Section: Discussionsupporting
confidence: 88%
“…Mindfulness refers, therefore, to the nonjudgmental open monitoring of automatic thoughts and reflections for the perception of stimuli. Differently, concentration-style meditation refers to the total concentration in a single external or internal focus that may be an external or internal object (thought, feeling, emotion, breathing, images, symbols and mantras) (Menezes & Dell'Aglio, 2009). …”
mentioning
confidence: 99%
“…Tem havido um crescente interesse no estudo científi co da meditação, particularmente em relação ao seu potencial clínico no campo da saúde mental (Menezes & Dell'Aglio, 2009;Wallace & Shapiro, 2006). Neste contexto, a meditação tem sido descrita como uma forma de treinamento mental que visa desenvolver habilidades autorregulatórias, tanto ligadas aos domí-nios emocional e social, como cognitivo (Chiesa & Malinowski, 2011;Lutz, Slagter, Dunne, & Davidson, 2008).…”
Section: Meditação Mindfulness E Psicologiaunclassified
“…Apesar de existirem diferentes estilos de práticas de meditação, tal como atenção focada (também chamada de concentrativa) e monitoramento aberto (também chamada de mindfulness; para uma maior discussão sobre os diferentes tipos, ver Dahl, Lutz, & Davidson, 2015;Lutz, Dunne, & Davidson, 2007;Menezes & Dell'Aglio, 2009), entende-se que um objetivo comum a todas é o desenvolvimento de uma consciência menos condicionada, menos distraída e menos reativa (Walsh & Shapiro, 2006). Portanto, tanto do ponto de vista das filosofias tradicionais, como da ciência psicológica, as práticas meditativas buscam cultivar e desenvolver mindfulness, isto é, uma habilidade mental que auxilia o praticante a controlar a automaticidade com que tende a realizar julgamentos e a reagir afetivamente às próprias associações, sensações e sentimentos (Brown & Ryan, 2003).…”
Section: Meditação E Habilidades De Mindfulnessunclassified