2014
DOI: 10.9788/tp2014.4-09
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Manifestação clínica, modelos de classificação e fatores de risco/proteção para psicopatologias na infância e adolescência

Abstract: ResumoAinda que a atenção à saúde mental infanto-juvenil tenha aumentado desde o início do século XXI, os trabalhos nessa área ainda são incipientes e há poucas publicações na literatura sobre intervenção em saúde mental voltadas a essa faixa etária em comparação com os trabalhos realizados com o público adulto. Questões relativas à psicopatologia infanto-juvenil possuem singularidades e merecem considerações distintas quanto à evolução, à classifi cação e ao tratamento, levando-se sempre em consideração o est… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
3
1
1

Citation Types

0
0
0
6

Year Published

2016
2016
2024
2024

Publication Types

Select...
5
1

Relationship

1
5

Authors

Journals

citations
Cited by 7 publications
(6 citation statements)
references
References 46 publications
0
0
0
6
Order By: Relevance
“…Essas dificuldades funcionais supracitadas: (a) levam a barreiras acadêmi-cas, de impacto na escola e no curso do desenvolvimento normal (COSTELLO; FOLEY; ANGOLD, 2006;GAUY;ROCHA, 2014;KENDALL;COMER, 2010;PATEL et al, 2007); (b) são de alta incidência -em torno de 10% a 20% da população escolar matriculada (COSTELLO; FOLEY; ANGOLD, 2006); e (c) exigem capacitação dos gestores/professores, estrutura física, de apoio técnico e financeiro, e da produção e distribuição de recursos educacionais. (PATEL et al, 2007).…”
Section: Transtornos Funcionais Em Escolaresunclassified
“…Essas dificuldades funcionais supracitadas: (a) levam a barreiras acadêmi-cas, de impacto na escola e no curso do desenvolvimento normal (COSTELLO; FOLEY; ANGOLD, 2006;GAUY;ROCHA, 2014;KENDALL;COMER, 2010;PATEL et al, 2007); (b) são de alta incidência -em torno de 10% a 20% da população escolar matriculada (COSTELLO; FOLEY; ANGOLD, 2006); e (c) exigem capacitação dos gestores/professores, estrutura física, de apoio técnico e financeiro, e da produção e distribuição de recursos educacionais. (PATEL et al, 2007).…”
Section: Transtornos Funcionais Em Escolaresunclassified
“…Os fatores de proteção para o desenvolvimento da criança ou adolescentes podem ser divididos em: atributos individuais como as características biológicas da criança, atributos familiares e fontes de apoio individuais ou institucionais (Maia & Williams, 2005). Os fatores familiares são relativos ao estilo parental e práticas educativas, além da capacidade de afeição e vínculo, eventos familiares estressantes e a presença de psicopatologia em algum ou ambos cuidadores (Gauy & Rocha, 2014). A literatura apresenta como fatores de risco para o desenvolvimento de sintomas de transtornos mentais em crianças: a presença de sintomatologia nos cuidadores, fatores socioeconômicos baixos, alto nível de estresse parental e práticas parentais punitivas (Pérez-Marfil et al, 2020;Boe et al, 2014;Piotrowska et al, 2020).…”
Section: Introductionunclassified
“…Em relação à etiologia dos PSM, variáveis ambientais e individuais se fazem presentes (Gauy & Rocha, 2014). Os fatores de risco referem-se a conflitos conjugais (Benetti, 2006;Hess & Falcke, 2013), baixo nível socioeconômico (Borsa et al, 2011;Sá, Bordin, Martin, & Paula, 2010), dificuldades físicas, desemprego e baixa escolaridade parental, disciplina inconsistente, negligência, falta de rotina familiar (Gauy & Rocha, 2014), divórcio dos pais e escola pública em detrimento da particular (Borsa et al, 2011). Especificamente os fatores de risco para os sintomas internalizantes referem-se a situações como violência intrafamiliar grave, punição física aos filhos, embriaguez do pai/padrasto.…”
Section: Introductionunclassified