2010
DOI: 10.1590/s0103-63512010000100005 View full text |Buy / Rent full text
|
|

Abstract: A historiografia sobre o período colonial na Amazônia supõe uma realidade moldada pela oposição entre um projeto colonial agrícola e a ocorrência de situações concretas de economias extrativistas, a depender da disponbilidade de capital a ser aplicado no principal meio de produção, o escravo negro. De modo que um longo período de escassez de recursos teria conformado o ciclo da economia extrativista na Região dominado pelas "drogas do sertão", substituído por esforços da gestão pombalina por um ciclo agrícola.… Show more

Help me understand this page

Search citation statements

Order By: Relevance
0
0
0
0
0
0
0
0
5

Publication Types

Select...

Relationship

0
0

Authors

Journals