1994
DOI: 10.1590/s0102-311x1994000200011 View full text |Buy / Rent full text
|
|

Abstract: This paper studies the articulation of three subjects--ecology, inequality, and violence--as interconnected components of reality, in such a way that each of the three interferes in the whole. At a time of increased ecological awareness, this paper shows that poverty, destination, and violence not only affect the environment, but that they are also responsible for the destruction of culture and life in society. Furthermore, as a cry for Nature, this increased awareness represents a struggle for life with digni… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance
Select...
2
2
1
0
10
0
12

Year Published

1999
1999
2011
2011

Publication Types

Select...
5

Relationship

0
5

Authors

Journals

0
10
0
12
Order By: Relevance
“…Homicide rate is an indicator of urban and social violence associated with social and economic inequalities, weak role of the State regarding public policies and ineffective public safety actions -all factors contributing to impunity, organization of death squads and drug traffi cking. 18 The association between indicators of urban violence and gender-based violence suggests that high-stress societies play an important role in violence against women. High-stress societies are those that go through a transformation process that may be called modernization, with civil unrest, armed confl icts, war or terrorism causing harmful effects on the weakest.…”
Section: Discussionmentioning
“…Os perpetradores costumam ser parceiros, familiares, conhecidos, estranhos ou agentes do Estado (schraiber e col., 2002). Na base da violência contra a mulher estão arraigados modelos culturais (Giffin, 1994), pois os atos violentos, vistos a partir das relações de gênero, distinguem um tipo de dominação, de opressão e de crueldade nas relações entre homens e mulheres, estruturalmente construído, reproduzido cotidianamente e subjetivamente assumido pelas mulheres, atravessando classes sociais, raças, etnias e faixas etárias (Minayo, 1994).…”
Section: Tipo De Violência N Física 163unclassified
“…Os resultados indicaram, de forma consistente, melhores condições de saúde em sociedades com distribuição mais equilibrada de renda. No Brasil, vários trabalhos têm sugerido que o crescimento da violên-cia é tributário, em grande parte, do aumento da concentração de renda que ocorreu nas úl-timas décadas (Minayo, 1994;Szwarcwald & Castilho, 1998). Entretanto, até o presente, não se dispõe de comprovações de natureza empí-rica desta hipótese no nosso meio.…”
Section: Introductionunclassified
“…Juntos, esses fatores levam ao predomínio da impunidade, à organização de grupos de extermínio, à organização do narcotráfico e de grupos de seqüestrado-res, à posse de armas, entre outros processos. 15 Segundo Minayo & Souza 16 (1994), a violência é um fenômeno social decorrente de processos macrossociais e de características subjetivas individuais da vítima e do agressor que se articulam e interagem de forma dinâmica.…”
Section: Discussionunclassified
“…O convite permanente ao consumo desenfreado se choca freqüentemente com as restrições de ordem social e econômica, causando grandes frustrações 1 . Considerando as possibilidades oferecidas, vinculadas às suas condições de vida, os problemas passam a existir quando a escolha empreendida pelo adolescente acarreta dolo permanente ou transitório para si ou para os outros 2 .…”
Section: Introductionunclassified