2011
DOI: 10.1590/s0102-46982011000100015
| View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: RESUMO: O objetivo do artigo é interrogar e precisar o que fundamenta a pertinência epistemológica da pesquisa biográfica no domínio da educação. Essa pesquisa dos fundamentos passa, em primeiro lugar, pela procura das origens sócio-históricas dos modelos de construção biográfica e das formas de narrativas que lhes correspondem, em particular nas sociedades da modernidade; ela implica, em segundo lugar, que sejam precisadas as características que fazem da narrativa autobiográfica uma "hermenêutica da experiênc… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
1
1
1

Citation Types

0
0
0
12

Year Published

2014
2014
2019
2019

Publication Types

Select...
8

Relationship

0
8

Authors

Journals

citations
Cited by 18 publications
(12 citation statements)
references
References 0 publications
0
0
0
12
Order By: Relevance
“…Inicialmente, precisamos explicar que uma trajetória não diz respeito a um curso ou destino fixo, não é um caminho que possa ser previsto, senão um movimento contínuo que, embora tenha impulso próprio, é afetado pelos contextos socio-históricos e culturais, tendo coerência tal, através do tempo, que conecta o passado, o presente e o futuro (Delory-Momberger, 2011;Wenger, 1998). Dessa maneira, Partindo da premissa de que os fenômenos sociais adquirem significados e representações, que são fruto das interpretações pessoais em que os sujeitos atribuem juízo de valor de acordo com seu contexto histórico-social, pensamos a pesquisa como forma de compreender e entender como tais fenômenos ocorrem nos contextos em que se inserem [...] (Oliveira, & Chapani, 2017, p. 12).…”
Section: Trajetórias Teórico-metodológicas Do Estudounclassified
“…Inicialmente, precisamos explicar que uma trajetória não diz respeito a um curso ou destino fixo, não é um caminho que possa ser previsto, senão um movimento contínuo que, embora tenha impulso próprio, é afetado pelos contextos socio-históricos e culturais, tendo coerência tal, através do tempo, que conecta o passado, o presente e o futuro (Delory-Momberger, 2011;Wenger, 1998). Dessa maneira, Partindo da premissa de que os fenômenos sociais adquirem significados e representações, que são fruto das interpretações pessoais em que os sujeitos atribuem juízo de valor de acordo com seu contexto histórico-social, pensamos a pesquisa como forma de compreender e entender como tais fenômenos ocorrem nos contextos em que se inserem [...] (Oliveira, & Chapani, 2017, p. 12).…”
Section: Trajetórias Teórico-metodológicas Do Estudounclassified
“…A Pesquisa (Auto)biográfica é fundada na relação entre formação e aprendizagem. Há um mundo da educação que está em relação contínua com os outros setores da vida social, mas, ainda assim, há um espaço singular das experiências vividas (Delory-Momberger, 2011) Encontramos em Abreu (2011), definições desse método utilizado na área de educação musical. A referida autora esclarece que o que interessa ao pesquisador da educação musical é o ponto de vista do sujeito, isto é, como ele interpreta as suas compreensões nas escolhas do que julga importante informar da sua relação com a música.…”
Section: Pressupostos Teóricosunclassified
“…Neste sentido, a observação (observação participante/oficineiro de teatro); a pesquisa em arquivo (documentos, fotos, diários, cartas, maquetes, vídeos, anotações etc.) e a entrevista 4 , tomo-a como inspiração (metodo)lógica sensível para ser o ponto de partida que foi essa aventura e, a partir daí, possibilitar as vozes aos coautores (informantes: monitores culturais detentos) dessa investigação com o intuito de apreender as suas expressividades, falas e pensamentos (Bauer;Gaskel;2008) para essa investigação com o teatro-educação no contexto presidiário.…”
Section: R O C Om P E S S O a S P R I V A D A S D E L I B E R D A D Eunclassified