2000
DOI: 10.1590/s0102-09352000000500013
| View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: Durante um ano foi realizado um estudo epidemiológico em 10 sistemas de produção de suínos (produtores de leitões ou ciclo completo), com o objetivo de investigar os fatores de risco que melhor explicam as variações na produtividade da fêmea suína. Foi aplicado um questionário para obtenção de informações relacionadas a genética, sanidade, nutrição, instalações e manejo. As respostas envolveram 271 fêmeas. Elas foram submetidas a procedimentos estatísticos de análise descritiva, análise de correspondência múlt… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
1
1
1

Citation Types

0
2
0
3

Year Published

2009
2009
2022
2022

Publication Types

Select...
3
2

Relationship

0
5

Authors

Journals

citations
Cited by 5 publications
(5 citation statements)
references
References 8 publications
0
2
0
3
Order By: Relevance
“…No difference (P>0.05) was found in reproductive performance (number of live births, stillbirths, and mummified piglets) of the sows in either group (Table 1). Different results were found by Amaral et al (2000), who reported that UTI was considered a risk factor for the reduction in farrowing size. According to those authors, UTI led to a drop by 0.6 piglet per farrowing compared with sows with no UTI.…”
Section: Resultsmentioning
confidence: 75%
See 1 more Smart Citation
“…No difference (P>0.05) was found in reproductive performance (number of live births, stillbirths, and mummified piglets) of the sows in either group (Table 1). Different results were found by Amaral et al (2000), who reported that UTI was considered a risk factor for the reduction in farrowing size. According to those authors, UTI led to a drop by 0.6 piglet per farrowing compared with sows with no UTI.…”
Section: Resultsmentioning
confidence: 75%
“…Urinary tract infections may be considered a predisposing factor for reproductive disorders such as smaller farrowings, lower milk production, poor performance of infant piglets, longer labor duration, dystocic labor, endometritis and mastitis, higher rates of return to estrus after insemination, and sow mortality (Amaral et al, 2000;Biksi et al, 2002;Mainau and Manteca, 2011;Oliviero et al, 2013).…”
Section: Introductionmentioning
confidence: 99%
“…De acordo com Wents et al (2001) as matrizes suínas com sinais de hipertermia no dia da inseminação artificial ou nos primeiros quatro dias que a sucedem estão relacionadas à maiores taxas de retorno ao estro, menores taxas de parto e redução no número de embriões entre os 30 e 35 dias de gestação, consequentemente, menor número de leitões nascidos (WENTS et al 2001). Em matrizes suínas durante a inseminação artificial a hipertermia pode provocar uma redução média 0,9 leitões por parto (AMARAL et al, 2000;WENTS et al, 2001).…”
Section: O Impacto Do Estresse Por Calor Na Reprodução Da Matriz Suínaunclassified
“…Varrões podem tornar-se letárgicos e demonstrar certa resistência em realizar a monta em manequins, ou até mesmo em fêmeas suínas devido ao estresse térmico que também prejudica o tempo de ejaculação total (WETTEMANN et al,1979 Dial et al (1992), está diretamente relacionada à eficiência reprodutiva que é medida pelo número de leitões produzidos por fêmea por ano (DIAL et al, 1992). Amaral et al (2000) verificaram que entre os fatores de risco associados ao desempenho reprodutivo da fêmea suína as principais variáveis foram: antecedente reprodutivo, infecção urinária, temperatura retal no dia da cobrição e até quatro dias apôs, tempo de cobrição, método de cobrição e soroconversão para parvovírus.…”
Section: Ambiente Térmico Para Varrões E Matrizes Suínasunclassified
“…Fêmeas com hipertermia durante a inseminação produziram em média 0,9 leitões a menos por parto (BORTOLOZZO et al, 1997;AMARAL et al, 2000). A temperatura retal acima de 39ºC nos quatro dias após a cobrição se torna um alto fator de risco de produção de leitegadas pequenas (VANNIER, 1987).A habilidade dos animais homeotérmicos manterem sua temperatura corporal depende das condições ambientais.…”
Section: Ambiente Térmico Para Varrões E Matrizes Suínasunclassified