2013
DOI: 10.1590/s0034-76122013000300010
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Estudos sobre accountability no Brasil: meta-análise de periódicos brasileiros das áreas de administração, administração pública, ciência política e ciências sociais

Abstract: O artigo tem por objetivo identificar como o termo accountability tem sido tratado na literatura brasileira, considerando periódicos das áreas de administração, administração pública, ciência política e ciências sociais. Foram identificados e analisados 53 artigos. Os resultados indicaram que o tema ganhou mais relevância nos estudos a partir de 2006, tendo a Revista de Administração Pública (RAP) o maior número de publicações. Os artigos analisados, em sua maioria, são empíricos, e muitos apenas citam o termo… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
3
2

Citation Types

0
1
0
20

Year Published

2019
2019
2021
2021

Publication Types

Select...
3
2

Relationship

0
5

Authors

Journals

citations
Cited by 22 publications
(21 citation statements)
references
References 44 publications
0
1
0
20
Order By: Relevance
“…Segundo Pinho e Sacramento (2009), o termo data 1794, tendo origem inglesa, todavia, não há indícios de sua utilização no Brasil até o século XXI. Medeiros et al (2013) fazem uma meta-análise de periódicos brasileiros ligados ao tema e constatam a confusão existente sobre seu significado, mas concluem que os termos mais citados nas definições são "responsabilização" e "prestação de contas". Segundo Afonso (2009), o que se refere à prestação de contas dos governantes e sua responsabilização democrática é chamado de accountability, na literatura norte americana.…”
Section: Accountabilityunclassified
See 1 more Smart Citation
“…Segundo Pinho e Sacramento (2009), o termo data 1794, tendo origem inglesa, todavia, não há indícios de sua utilização no Brasil até o século XXI. Medeiros et al (2013) fazem uma meta-análise de periódicos brasileiros ligados ao tema e constatam a confusão existente sobre seu significado, mas concluem que os termos mais citados nas definições são "responsabilização" e "prestação de contas". Segundo Afonso (2009), o que se refere à prestação de contas dos governantes e sua responsabilização democrática é chamado de accountability, na literatura norte americana.…”
Section: Accountabilityunclassified
“…O estudo contribui, ainda, como evidência empírica para a área. Hammarfelt e De Rijcke (2014) e Medeiros et al (2013), apontam que são raros os trabalhos que visam analisar a visão de pesquisadores sobre o termo accountability. Além disso, conforme Ceneviva (2007), há uma escassez de trabalhos empíricos na literatura brasileira sobre accountability.…”
Section: Introductionunclassified
“…Dessa forma, as evidências de suas qualidades para as relações privadas, fez com que houvesse uma extensão do instituto da accountability também para às relações entre o cidadão e o Estado. Atualmente, esta relação é tão importante que para muitos a accountability constitui um elemento essencial e necessário para a ampliação da democracia (FILGUEIRAS, 2018, BATAGLIA;FARRANHA, 2018, MEDEIROS;CRANTSCHANINOV;SILVA, 2013).…”
Section: Conceituação Da Accountabilityunclassified
“…Essa representação entre principal e agente, entretanto, com o passar do tempo deixa de apenas figurar dentro da relação entre particulares, tonando-se mais abrangente, passando a abordar também a relação entre o cidadão e o Estado. Tal ampliação de sentido fez com que a accountability fosse encarada por muitos como um elemento essencial e necessário para a ampliação da democracia (FILGUEIRAS, 2018, BATAGLIA;FARRANHA, 2018, MEDEIROS;CRANTSCHANINOV;SILVA, 2013).…”
Section: Introductionunclassified
“…Um primeiro passo para o entendimento é saber que o termo accountability não tem tradução exata e nem mesmo significado preciso em sua língua de origem (Harlow, 2014). Por outro lado, prestação de contas, responsabilização, transparência, sanções e controle político estão entre os principais elementos presentes no seu conceito (Medeiros, Crantschaninov & Silva, 2013).…”
Section: Introductionunclassified