2006
DOI: 10.1590/s0103-84782006000500035
| View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: RESUMO Foi conduzido um experimento para avaliar o comportamento ingestivo de eqüinos sob pastejo em pastagens de INTRODUÇÃOO comportamento ingestivo dos animais é influenciado pela estrutura da pastagem e pela heterogeneidade da distribuição espacial da vegetação, sendo a estrutura da pastagem o principal fator que afeta as variáveis comportamentais de consumo dos animais. De acordo com FORBES (1995), o que mais afeta o consumo de forrageiras é a massa da forragem disponível. Outra característica de fundament… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
2
1

Citation Types

0
2
0
5

Year Published

2007
2007
2020
2020

Publication Types

Select...
8

Relationship

0
8

Authors

Journals

citations
Cited by 10 publications
(7 citation statements)
references
References 5 publications
0
2
0
5
Order By: Relevance
“…This fact was also observed in this experiment, with increases in elongation observed when the plant reached its critical leaf area index. Growth beyond the forage nutritive value compromises the nutritional value and modifies the structure of pasture, thus affecting animal consumption of forage [13].…”
Section: Resultsmentioning
confidence: 99%
“…This fact was also observed in this experiment, with increases in elongation observed when the plant reached its critical leaf area index. Growth beyond the forage nutritive value compromises the nutritional value and modifies the structure of pasture, thus affecting animal consumption of forage [13].…”
Section: Resultsmentioning
confidence: 99%
“…O consumo diurno representou 67,04%; 62,13% e 66% do tempo do consumo gasto pelos animais para as silagens de milho, sorgo e hemártria, respectivamente (Tabela 3). Maior tempo de ingestão no período diurno também foi identificado com equinos em pastejo, independentemente das condições climáticas ou da raça dos cavalos utilizados (SANTOS et al, 2006). A ingestão de alimentos no período noturno pelos cavalos, apesar de menor, ocorreu independente da forma em que o alimento volumoso foi oferecido.…”
Section: Resultsunclassified
“…Estudos a respeito dos padrões de comportamento dos eqüinos livres em pastagens, quando analisados de maneira genérica, apresentam características similares em relação ao tempo destinado à colheita das forragens, à locomoção, ao descanso e às outras atividades sociais. Os valores encontrados correspondem de 10 a 16 horas por dia para o pastejo, com duração de 2 a 3 horas para cada refeição, separadas por intervalos curtos, caracterizados por períodos de descanso, pela locomoção e outras atividades sociais (Tyler, 1972;Duncan, 1980;Dittrich, 2001;Gomes, 2004;Radünz, 2005;Santos et al,2006;Zanine et al, 2006). Esta similaridade comportamental é uma importante ferramenta para o manejo alimentar de equinos em pastagens, devido à necessidade de tempo para o cavalo decidir nas referidas etapas para a colheita da forragem.…”
Section: Organização Do Processo De Pastejounclassified