2007
DOI: 10.1590/s0104-530x2007000200005
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Aspectos estratégicos, estruturais e relacionais de três cadeias de suprimentos automotivas

Abstract: Resumo Este artigo tem por objetivo identificar algumas das principais diferenças estruturais, relacionais e de orientação estratégica das cadeias brasileiras produtoras IntroduçãoA intensificação da competição no mercado automotivo brasileiro e internacional revelou às montadoras instaladas no Brasil necessidades urgentes de melhorias nos padrões locais de qualidade e produtividade.No contexto da produção de automóveis, o motor constitui um sistema considerado estratégico para a competitividade das montadoras… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1
1
1
1

Citation Types

0
0
0
4

Year Published

2009
2009
2024
2024

Publication Types

Select...
5

Relationship

2
3

Authors

Journals

citations
Cited by 8 publications
(4 citation statements)
references
References 5 publications
(3 reference statements)
0
0
0
4
Order By: Relevance
“…A contrapartida do alinhamento estratégico seria uma distribuição de ganhos equânime entre as empresas, de acordo com os esforços e investimentos feitos por cada uma. (CERRA; MAIA; ALVES FILHO, 2007).…”
Section: Alinhamento Estratégico Das Organizações E Repartição De Ganhosunclassified
See 1 more Smart Citation
“…A contrapartida do alinhamento estratégico seria uma distribuição de ganhos equânime entre as empresas, de acordo com os esforços e investimentos feitos por cada uma. (CERRA; MAIA; ALVES FILHO, 2007).…”
Section: Alinhamento Estratégico Das Organizações E Repartição De Ganhosunclassified
“…No setor automobilístico brasileiro, as montadoras racionalizaram suas atividades, concentraram-se em competências essenciais e terceirizaram um maior número de atividades nas cadeias de suprimentos (MAIA, 2006;MAIA;ALVES FILHO, 2007). O contexto das cadeias de suprimentos dessas empresas vem sendo influenciado por alterações resultantes da instalação de novas montadoras e da consolidação e desnacionalização do setor de autopeças, bem como do impacto de fenômenos específicos ao cenário brasileiro como (1) a utilização dos motores 1000cc, no início dos anos 2000, e seus modelos derivados como o 1300cc e 1400cc mais recentemente; (2) e de motores flexíveis, que podem operar com gasolina e/ou álcool (além de nafta e gás natural veicular em alguns casos).…”
Section: Introductionunclassified
“…Lima (2004) e Salerno et al (2003) mostram que os fatores qualificadores ao fornecimento são certificação de qualidade, capacidade financeira (para reduzir risco de descontinuidade de fornecimento dado que há poucos fornecedores por parte ou subconjunto, e para procurar garantir atualização tecnológica), qualificação do processo produtivo do fornecedor potencial (analisada pela engenharia e pela área de qualidade da montadora), capacidade de engenharia (adequação de software gráfico, prototipagem, capacidade de desenvolvimento de produto -fator decisivo para veículos cuja sede de projeto está localizada no Brasil), histórico de fornecimento. Preço é fator ganhador de pedidos (CERA; MAIA; ALVES FILHO, 2007;LIMA, 2004;SALERNO et al, 2003), ou seja, dado que certo número de fornecedores possui certificação de qualidade, capacidade financeira, capacidade de engenharia e bom histórico, eles são homologados como potenciais fornecedores, e aquele que apresentar melhor preço numa dada concorrência ganha o pedido.…”
Section: Revisão Bibliográficaunclassified
“…No entanto, não há um modelo de referência já consolidado para análise do relacionamento proposto pela pesquisa. Cerra et al (2007) indicam como proposta de pesquisa futura detalhar como elementos operacionais se combinam para apoiar as estratégias competitivas e de GCS das empresas. Em função disso, o método de pesquisa escolhido para este trabalho foi o estudo de caso.…”
Section: Método De Pesquisaunclassified