2015
DOI: 10.1590/s0103-40142015000200006
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Árvores urbanas em São Paulo: planejamento, economia e água

Abstract: Árvores urbanasexistência de árvores em regiões urbanas tem uma série de vantagens. Árvores podem cortar a incidência da luz em mais de 90%, diminuindo a temperatura e a luz direta sobre quem caminha ou se exercita sob elas. Isso porque áreas cobertas com árvores alteram o conforto térmico em cidades (Martini, 2013; EPA, 1998). As árvores também filtram a poluição de material particulado, o que pode causar doenças pulmonares (Nowak et al., 2014). Além dos benefícios diretos para a sociedade, há também os indir… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
1
1
1

Citation Types

0
6
0
39

Year Published

2015
2015
2023
2023

Publication Types

Select...
9

Relationship

1
8

Authors

Journals

citations
Cited by 39 publications
(45 citation statements)
references
References 7 publications
0
6
0
39
Order By: Relevance
“…1 shows that the inequality regarding the benefits of urban trees to human populations seems to increase with city size and with population density. In São Paulo, for instance, such "green inequality" of tree cover has been shown (Buckeridge, 2015). Although the production of certain environmental services, such as water production by evapotranspiration would be more democratic, depending on local climate conditions, tree cover in some of the largest cities in the world may not be able to provide the environmental services necessary to adapt urban areas to the effects of global warming.…”
Section: Discussionmentioning
confidence: 99%
“…1 shows that the inequality regarding the benefits of urban trees to human populations seems to increase with city size and with population density. In São Paulo, for instance, such "green inequality" of tree cover has been shown (Buckeridge, 2015). Although the production of certain environmental services, such as water production by evapotranspiration would be more democratic, depending on local climate conditions, tree cover in some of the largest cities in the world may not be able to provide the environmental services necessary to adapt urban areas to the effects of global warming.…”
Section: Discussionmentioning
confidence: 99%
“…"Devemos enterrar os cabos elétricos e de informação?" questiona Buckeridge (2015) sobre um estudo que fez sobre a arborização em São Paulo. O autor afirma que essa é uma necessidade pública que não seria economicamente viável em todo o município, mas que poderia ser ampliada.…”
Section: Políticas Públicas E Educação Ambiental Voltadas à Arborizaçunclassified
“…Há um conjunto enorme de tecnologias avançadas que podem ser introduzidas rapidamente e que tornam a gestão antecipada das crises hídricas eficiente. Dentre essas tecnologias estão: novos métodos de monitoramento de qualidade da água em tempo real, associados ao uso de imagens de satélite (Ogashawara et al, 2014;; reflorestamento maciço de mananciais com espécies nativas, utilizando-se o princípio da remuneração por serviços ambientais; uso do conceito de eco-hidrologia e integração de biogeosfera com as demandas da sociedade (Hupfer, Figueiredo & Tundisi, 2013); restauração de ecossistemas urbanos como os rios (Anelli, 2015) e implantação de parques municipais como mecanismo de reposição de águas na atmosfera e recarga de aquíferos (Buckeridge, 2015;Tundisi, 2014); unificação dos dados em saúde humana, qualidade das águas, usos e ocupação do solo em áreas urbanas com a finalidade de promover gestão avançada de água em sistemas urbanos (ABC/ Die Junge Akademie/Leopoldina Nationale Akademie der Wissenchaften, 2014).…”
Section: Tecnologiasunclassified