2005
DOI: 10.7476/9788575413876
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Antropologia e nutrição: um diálogo possível

Abstract: O livro traz reflexões unindo questões sociais, da saúde e da nutrição. Na primeira parte, apresenta uma ampla revisão bibliográfica sobre a área da antropologia e da nutrição. Na segunda parte, abordam-se os paradoxos e repercussões das transformações sociais e da internacionalização da economia na cultura alimentar. A terceira parte dedica-se à alimentação tal como ela se configura hoje nos diferentes espaços, privados e públicos, dos contextos urbanos e diante das transformações sociais ocorridas no país no… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
1
1
1

Citation Types

0
17
0
65

Year Published

2013
2013
2022
2022

Publication Types

Select...
7
1

Relationship

1
7

Authors

Journals

citations
Cited by 70 publications
(82 citation statements)
references
References 20 publications
(29 reference statements)
0
17
0
65
Order By: Relevance
“…A extensão das categorias higiene e limpeza também se aplica à casa, à comida e aos objetos domésticos, sempre sob os cuidados e obrigações das esposas e mães de família (CANESQUI, 2005). Ao lado do suor, Luciana se autorrepresenta "atacada de tudo", de depressão, de obesidade, dos problemas de tireoide, sempre aludidos ao tempo decorrido após a perda do filho e a cirurgia, como expressões dos sofrimentos físicos e moral que a afligem.…”
Section: Lucianaunclassified
See 1 more Smart Citation
“…A extensão das categorias higiene e limpeza também se aplica à casa, à comida e aos objetos domésticos, sempre sob os cuidados e obrigações das esposas e mães de família (CANESQUI, 2005). Ao lado do suor, Luciana se autorrepresenta "atacada de tudo", de depressão, de obesidade, dos problemas de tireoide, sempre aludidos ao tempo decorrido após a perda do filho e a cirurgia, como expressões dos sofrimentos físicos e moral que a afligem.…”
Section: Lucianaunclassified
“…Isto significa dispor de pequenas quantidades de alimentos e da ausência no prato dos alimentos "fortes" (as carnes e alimentos gordurosos, principalmente). "Comer mal" reporta-se ainda às restrições alimentares, associadas simbolicamente à penúria, privação e miséria, dispensando também os alimentos que satisfazem o gosto, os sabores e as escolhas alimentares capazes de preservarem a identidade de pertencer a um grupo social (CANESQUI, 2005). Razões como esta conduzem à compreensão de uma das dificuldades de homens e mulheres das classes trabalhadoras de seguir as recomendações dietéticas restritivas.…”
Section: Lucianaunclassified
“…According to literature (12) , by changing one's diet, the subject can start a process of rebuilding a new social identity, as shown:…”
Section: Daily Routine and Social Relationshipsmentioning
confidence: 99%
“…Along with family relationships, friendships are also infiltrated by replacement or food consumption, for example, meetings, lunch and work dinners, and even religious rituals and ceremonies that have particular food symbols (12) . In some religious ceremonies bread (which contains gluten) holds great importance as main symbol.…”
Section: Then There Is That Psychosocial Thing Of: Oh No I Will Notmentioning
confidence: 99%
“…Eating habits and food-related health practices correspond to an economic or utilitarian, and mainly symbolic, code 14,17,18 . For Freitas 19 , food habitus corresponds to habits culturally established for generations, developed in the family and community, shared and updated in other dimensions of social life.…”
Section: Habitus and Hysteresis Of Expatriated Physiciansmentioning
confidence: 99%