2016
DOI: 10.5380/dma.v38i0.44559
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Animais de estimação em contexto de desastres: desafios de (des)proteção

Abstract: Artigo recebido em 23 de dezembro de 2015, versão final aceita em 7 de junho de 2016. RESUMO:Nos desastres catastróficos relacionados a eventos hidrometeorológicos, ocorrem perdas e danos socioambientais incomensuráveis. Alguns deles têm destaque perante as autoridades que atuam no contexto da emergência e outros não. No Brasil, em geral, os animais gravemente afetados nesses desastres permanecem socialmente invisíveis. Tendo isso em conta, este estudo -que integra pesquisa bibliográfica, documental e de campo… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1

Citation Types

0
0
0
1

Year Published

2020
2020
2020
2020

Publication Types

Select...
1

Relationship

0
1

Authors

Journals

citations
Cited by 1 publication
(1 citation statement)
references
References 10 publications
(10 reference statements)
0
0
0
1
Order By: Relevance
“…No caso dos animais de estimação, que foram domesticados ao longo do tempo, essa relação com o homem resultou na sua sobrevivência. O fato de serem vulneráveis faz com que em situações críticas como, por exemplo, em desastres, muitos se percam de seus tutores e acabem morrendo em decorrência de ferimentos, inanição, desidratação ou doenças (Antonio & Valencio, 2016). Austin (2013) propôs um roteiro de plano de emergência para atender às necessidades da população animal, que inclui um planejamento adequado baseado em informações confiáveis e uma legislação compatível.…”
Section: Introductionunclassified
“…No caso dos animais de estimação, que foram domesticados ao longo do tempo, essa relação com o homem resultou na sua sobrevivência. O fato de serem vulneráveis faz com que em situações críticas como, por exemplo, em desastres, muitos se percam de seus tutores e acabem morrendo em decorrência de ferimentos, inanição, desidratação ou doenças (Antonio & Valencio, 2016). Austin (2013) propôs um roteiro de plano de emergência para atender às necessidades da população animal, que inclui um planejamento adequado baseado em informações confiáveis e uma legislação compatível.…”
Section: Introductionunclassified